Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

"É difícil convencer a casa-mãe a investir em Portugal"

A Vodafone tem sido uma das empresas que mais investe em Portugal, porém, o processo nem sempre é fácil, tendo em conta que economias como a Turquia, Alemanha e Índia se mostram em forte crescimento. O CEO da empresa britânica, Mário Vaz, falou ao Dinheiro Vivo e garante que a Vodafone vai continuar a apostar na área da fibra.

"É difícil convencer a casa-mãe a investir em Portugal"

O bom comportamento de Portugal não parece convencer a “casa-mãe”. O CEO da Vodafone Portugal, Mário Vaz, aponta a Turquia, Alemanha e Índia como os principais inimigos de Portugal no que toca ao investimento da empresa britânica e diz que ainda não vê “a luz ao fundo do túnel”.

Em declarações ao Dinheiro Vivo / Diário de Notícias, Mário Vaz, garante que a Vodafone vai continuar a apostar em Portugal, embora admita que nem sempre seja fácil devido à crise que se instalou no País. “Já é difícil à casa-mãe justificar aos accionistas que vai desviar investimento de países em desenvolvimento para um país como Portugal”, disse.

Mário Vaz, falou também no interesse da Vodafone, mostrado há tempos, em se fundir com a Zon. No entanto, admite que “não há tango sem dois dançarinos” e que “a Vodafone só estaria interessada em avançar para essa potencial fusão com determinadas condições, que não se verificaram”.

Sobre o preço das telecomunicações e sobre o relatório do FMI, que as considerou demasiado caras, Vaz garante que o custo praticado em Portugal “é manifestamente inferior à média europeia”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório