Meteorologia

  • 02 JULHO 2022
Tempo
30º
MIN 15º MÁX 32º

Tribunal de Contas defende redução das margens de lucros dos portos

O Tribunal de Contas (TdC) defende uma redução das margens de lucros das concessionárias dos portos com taxas internas de rentabilidade (TIR) superiores a 10%, considerando que esses lucros não são aceitáveis no atual quadro financeiro do país.

Tribunal de Contas defende redução das margens de lucros dos portos

No relatório de auditoria à gestão, monitorização e fiscalização dos contratos de serviço público das administrações portuárias, o TdC alerta que as TIR acionistas devem ser revistas em baixa, especialmente nos casos em que são superiores a 10%.

Em 2013, a concessão do Terminal Multiusos Zona 1 da Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra tinha uma TIR efetiva de 38%, percentagem que não é aceitável à luz do atual quadro económico e financeiro do país, alerta o organismo.

"Os outros contratos de concessão que apresentaram TIR acionistas elevadas foram o contrato do Terminal de Contentores de Leixões (TCL), que é de 17%, e o contrato do Terminal de Carga Geral e de Granéis de Leixões (TCGL), que se situa em 12%", acrescenta o TdC, no relatório da auditoria divulgado hoje.

Neste contexto, o TdC recomenda aos Conselhos de Administração das administrações portuárias que adotem uma postura proativa na gestão e acompanhamento das suas concessões, no sentido de poderem implementar mecanismos eficientes de partilha de benefícios financeiros, nomeadamente em sede de revisão contratual.

Mais, o organismo defende a inclusão de cláusulas de partilha de benefícios com os concedentes aquando da celebração de novos contratos de concessão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório