Meteorologia

  • 23 JUNHO 2018
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 22º

Edição

México poderá ser novo parceiro para investimentos portugueses

O ministro da Economia considerou hoje que o México poderá ser um destino atrativo para a captação de investimento por parte das empresas portuguesas e um país com "forte potencial de crescimento" em matéria de importação de produtos portugueses.

México poderá ser novo parceiro para investimentos portugueses
Notícias ao Minuto

23:51 - 21/06/16 por Lusa

Economia Caldeira Cabral

"Portugal tem um volume de exportações razoáveis para o México, nomeadamente, na componente automóvel e máquinas, mas há também um potencial de crescimento para produtos portugueses como o calçado, o vestuário, o azeite e o vinho", disse Manuel Caldeira Cabral à Lusa, a partir da Cidade do México.

O ministro da tutela, que se encontra de visita ao México entre hoje e quinta-feira, reuniu-se hoje com empresários mexicanos e portugueses presentes naquele país para "ajudar a abrir oportunidades" em vários setores de atividade.

Manuel Caldeira Cabral considerou, em declarações à Lusa, que o México tem "um forte potencial de crescimento" e que é um destino atrativo para as empresas que querem desenvolver ou diversificar os seus processos de internacionalização.

O ideal seria, segundo o governante, que o México tivesse um peso nas exportações portuguesas semelhante ao peso que Angola já teve há uns anos, antes da atual crise e da desvalorização do preço do petróleo.

Além de ser um destino que pode ajudar ao aumento das exportações portuguesas, o México deverá ser visto pelas empresas que apostam na internacionalização como um destino de investimento prioritário em áreas diversas como a construção civil e infraestruturas, energia, entre outras, destacou Caldeira Cabral.

O ministro, que se reúne na quarta-feira com o seu homólogo mexicano, espera igualmente atrair investimento de empresas mexicanas que possam estar interessadas em apostar em Portugal.

O ministro da Economia, que se fez acompanhar nesta visita pelo secretário de Estado Adjunto e do Comércio, Paulo Alexandre Ferreira, vai participar também no encontro ministerial da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), que se realiza na quarta-feira e na quinta-feira, em Cancun, dedicado à economia digital, inovação, crescimento e prosperidade social.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.