Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 14º

Desemprego abre buraco de 300 milhões na Segurança Social

A despesa com os subsídios de desemprego está a engordar mais do que o esperado e a tendência terá vindo para ficar. Em apenas dois meses os gastos somaram 497 milhões de euros, sendo que a este ritmo o valor orçamentado para fazer face às prestações até ao fim de 2013 abrirá um buraco de 300 milhões na Segurança Social, indica o Diário de Notícias.

Desemprego abre buraco de 300 milhões na Segurança Social
Notícias ao Minuto

09:41 - 24/03/13 por Notícias Ao Minuto

Economia Subsídios

O Executivo de Pedro Passos Coelho orçamentou para o ano de 2013 uma verba de 2,69 mil milhões de euros para pagar os subsídios de desemprego. Porém, a avaliar pelos meses de Janeiro e Fevereiro, em que a fatia do bolo orçamental para fazer frente a estas despesas se fixou em 497 milhões de euros, será mesmo caso para dizer que o dinheiro não vai chegar.

Os dois primeiros meses do ano perfizeram um acréscimo de 21,1% comparativamente a Janeiro e Fevereiro de 2012, mesmo estando os desempregados obrigados a descontar uma taxa contributiva de 6%.

Ora, a manter-se este compasso, o valor estimado para proceder ao pagamento das prestações observará no fim do ano um défice de cerca de 300 milhões de euros, mas isto atendendo à taxa de desemprego de 16,4% que estava prevista. Com a revisão para 18,2% o buraco na Segurança Social será ainda maior.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório