Meteorologia

  • 30 MAIO 2024
Tempo
27º
MIN 16º MÁX 30º

Bosch assina contrato com Universidade num investimento de milhões

A Bosch e a Universidade do Minho assinam hoje um novo contrato de investigação e desenvolvimento (I&D), um investimento de 55 milhões de euros até 2018, numa cerimónia que conta com a presença do primeiro-ministro, António Costa.

Bosch assina contrato com Universidade num investimento de milhões
Notícias ao Minuto

10:11 - 04/03/16 por Lusa

Economia Minho

Trata-se da oficialização da segunda fase do projeto I&D realizado em parceria pela Bosch Car Multimedia Portugal e a Universidade do Minho (UMinho), um projeto considerado de interesse estratégico nacional que vai contratar mais de 90 engenheiros e 170 bolseiros.

Este projeto, que tem como objetivo o desenvolvimento de soluções que vão moldar o futuro da mobilidade, conta com um investimento de cerca de 55 milhões de euros e o registo de 22 patentes até 2018, de acordo com a Bosch e UMinho.

A primeira fase desta parceria teve um investimento de 19 milhões de euros entre 2012 e 2015, tendo sido registadas 12 patentes.

Nesta segunda fase - denominada de Innovative Car HMI - , está previsto um investimento de 55 milhões de euros e estimada a contratação de mais de 90 novos engenheiros pela Bosch, com diferentes especializações para a área de I&D, e 170 bolseiros de diferentes escolas da Universidade do Minho.

"Serão, no total, mais de 550 profissionais altamente qualificados a trabalhar exclusivamente no projeto", adiantam as duas entidades.

Esta parceria é "o resultado do sucesso da colaboração dos últimos anos", afirmou António M. Cunha, reitor da UMinho, citado em comunicado.

"A Bosch desafiou a UMinho para um novo, ambicioso e exigente programa de desenvolvimento, baseado em dois projetos de inovação - o INNOVCAR e o iFACTORY - iniciados em julho de 2015", acrescentou.

Por sua vez, o administrador da Bosch Portugal, Carlos Ribas, considerou que "Portugal é um parceiro estratégico" para a empresa.

"A nossa aposta em I&D acaba por ser também uma força motriz para o crescimento da produção em Portugal, como mostram as previsões de crescimento das vendas, que devem ultrapassar os mil milhões de euros já em 2016, e o plano de contratar 1.000 colaboradores até 2018", disse o responsável da Bosch.

António Costa visita hoje de manhã as instalações da Bosch em Braga, seguindo-se posteriormente a assinatura do contrato na reitoria da UMinho.

Na assinatura do contrato, que conta com a presença do primeiro-ministro, vão estar, entre outras personalidades, o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, o presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), o reitor da Universidade do Minho, António M. Cunha, e os administradores da Bosch Carlos Ribas e Lutz Welling.

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório