Meteorologia

  • 04 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Frente Comum confirma greve pelas 35 horas de trabalho semanal

Frente Comum não desiste da redução das horas de trabalho na Função Pública e sai para a rua esta sexta-feira.

Frente Comum confirma greve pelas 35 horas de trabalho semanal

A líder da Frente Comum, Ana Avoila, confirmou hoje que a greve dos trabalhadores da Função Pública irá realizar-se na próxima sexta-feira, dia 29 de janeiro.

Em causa está a reposição das 35 horas semanais exigidas pelos trabalhadores do Estado que alegam que nada mais é do que uma devolução do que é seu de direito

“Os trabalhadores da função pública vão fazer greve no dia 29 porque nada se alterou que permita que se possa suspender esta greve”, começou por informar na conferência de imprensa agendada com os jornalistas na sede da Frente Comum, em Lisboa.

“Nos últimos anos os trabalhadores fizeram trabalho gratuito porque foi-lhes aumentado o horário de trabalho e não foi aumentado o valor hora de trabalho”, refere, afirmando que, embora  fossem contra, os trabalhadores aceitaram a medida “porque era uma imposição da troika”

A sindicalista lembrou que após a publicação de uma lei existem 30 dias para a sua aplicação, coisa que até ao momento não se registou.

“Parece que nos vão dar algo de novo o que não é verdade”, atira, lembrando que durante o período de eleições os trabalhadores conseguiram recolher muitas assinaturas para que a medida fosse aplicada.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório