Meteorologia

  • 26 MAIO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 32º

Número de desempregados nos centros de emprego diminuiu 7,3%

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego em dezembro de 2015 diminuiu 7,3% em termos homólogos (-43.414 pessoas) e aumentou 0,9% face a novembro, segundo dados do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Número de desempregados nos centros de emprego diminuiu 7,3%
Notícias ao Minuto

22:30 - 23/01/16 por Lusa

Economia Dezembro

No final de dezembro estavam registados nos centros de emprego 555.167 desempregados e inscreveram-se ao longo do mês 54.033 desempregados (-4.6% do que no período homólogo e -16,5% do que em novembro).

A descida do desemprego foi mais expressiva entre os homens (-8,4%) do que entre as mulheres (-6,2%) e superior nos adultos (-7,4%) face aos jovens com menos de 25 anos (-6,3%).

Os desempregados inscritos há um ano ou mais diminuíram 11,8% em relação a dezembro de 2014, enquanto os inscritos há menos de um ano recuaram 2,8%.

O número de desempregados à procura de um novo emprego e de um primeiro emprego diminuiu face ao mês homólogo de 2014 (-7,2% e -7,3%, respetivamente).

O desemprego diminuiu em todas as regiões do país, exceto na Madeira onde avançou 0,8%, e fez-se sentir em todos os níveis de instrução, mas de forma mais acentuada no 1.º ciclo do ensino básico (-13,1%).

No final de dezembro, os centros de emprego contavam com 13.942 ofertas por satisfazer (-26,6% face ao mês homólogo e -25,8% comparativamente a novembro), enquanto as ofertas de emprego recebidas totalizaram 10.487 (-1,2% em termos homólogos e -20,8% do que no mês anterior).

Foram realizadas 7.955 colocações, 13,2% acima do mês homólogo e inferiores às de novembro (-16,7%).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório