Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2019
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

CMVM suspeita de crime nas obrigações do Novo Banco

Em causa está a suspeita de que os investidores possam ter tido acesso a informação privilegiada e escapar a perdas na passagem de emissões para o banco ‘mau’.

CMVM suspeita de crime nas obrigações do Novo Banco

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) está a analisar as transações das cinco linhas de obrigações seniores transferidas para o BES ‘mau’, num total de dois mil milhões de euros.

Em causa, segundo o Expresso, está a suspeita de que possa ter existido informação privilegiada que tenha influenciado as negociações e salvo os investidores, que conseguiram evitar perdas.

O regulador vai por isso investigar o período antes da decisão do Banco de Portugal, que a 29 de dezembro anunciou a passagem para o BES das obrigações não subordinadas ou seniores destinadas a investidores institucionais (como fundos de investimento, públicos ou privados) que ficaram no Novo Banco aquando do resgate BES, em agosto de 2014. 

O objetivo é e tentar perceber se houve ou não uma alteração no padrão das negociações que levante suspeitas de fuga de informação que possa ter afetado os obrigacionistas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório