Quanto custa cozinhar para a família no Natal?

Estudo da Selectra calculou gastos extra durante a altura das festas. Conclusões mostram que fazer comida para todos pode aumentar bastante a conta de eletricidade.

© DR
Economia Energia

O Natal é época de celebração, prendas e comida, muita comida. Os típicos almoços e jantares das festas juntam as famílias, mas no fim do mês, a conta a pagar pode ser bastante elevada. 

PUB

Num estudo disponibilizado ao Notícias ao Minuto pelo site LojaLuz, da Selectra, são calculados os custos de uma semana típica de cozinhados em casa durante as celebrações de fim de ano. Tendo em conta uma família de cinco a sete pessoas, com um menu que inclui o tradicional bacalhau, entrada de amêijoas e camarão, sopa da pedra e pastéis de nata para a sobremesa, a utilização do forno e de placas de indução ou vitrocerâmica podem aumentar os custos em cerca de 16% no final do mês. 

Tomando com exemplo um contrato EDP Serviço Universal com potência de 5,74 kVA de potência contratada, a LojaLuz estima que a fatura mensal aumente 7,15 euros em relação à média mensal de consumos. 

O estudo aconselha também os portugueses a compararem os preços do mercado regulado e livre, assegurando que em alguns casos, a troca de operador poderá trazer poupanças "entre 100 e 150 euros" por ano.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a saber todas as novidades de Economia

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser