Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 9º MÁX 17º

Ebury quer reforçar aposta em Portugal

A empresa especialista no mercado de câmbios Ebury quer reforçar a operação em Portugal junto das PME exportadoras, após ter levantado 100 milhões de euros junto de investidores, segundo o diretor para a península ibérica.

Ebury quer reforçar aposta em Portugal
Notícias ao Minuto

11:38 - 20/11/15 por Lusa

Economia Empresas

Duarte Líbano Monteiro afirmou à Lusa que a Ebury quer aproveitar o momento em que muitas Pequenas e Médias Empresas (PME) estão a operar em "países não naturais, não vizinhos, como o Médio Oriente ou a Ásia", e em que precisam de assessoria cambial, para trabalhar com esses mercados.

Por isso, depois de ter entrado em Portugal este ano e de contar com mais de 40 clientes, a Ebury diz que quer reforçar a operação com os cerca de 102 milhões de euros conseguidos recentemente junto de investidores internacionais.

"O capital levantado ajudará a acelerar a expansão da Ebury na Europa, com destaque para Portugal, e a iniciar a entrada da empresa nos Estados Unidos a partir do primeiro semestre de 2016", lê-se numa nota da empresa.

A Ebury apresenta-se como uma alternativa à banca tradicional nos pagamentos internacionais e câmbios de moeda estrangeira, com Duarte Líbano Monteiro a dizer que a principal vantagem passa por ter um serviço personalizado, adaptado a cada cliente, com "rapidez na tomada de decisões e flexibilidade".

O custo para os clientes é uma comissão aplicada na transação.

Segundo Duarte Monteiro, as PME têm vantagens numa gestão mais flexível de divisas nos mercados em que operam, nomeadamente em poder fechar negócios na moeda local do país em que estão, além dos tradicionais dólares ou euros.

Por exemplo, afirmou, uma empresa têxtil que fechou contrato na Turquia em euros está a "pagar agora muito mais do que a que o fez em lira turca, que tem desvalorizado". O investimento na moeda certa, disse, pode "significar muito dinheiro".

Em Portugal, além do cambio tradicional de dólar e euro, Líbano Monteiro disse que a Ebury trabalha muito com o câmbio entre euro e real, tendo em conta a presença de empresas portuguesas no Brasil.

A Ebury foi fundada em 2009 por Juan Lobato e Salvador García, espanhóis, no Reino Unido, estando atualmente presente em Espanha, na Holanda e na Polónia, além de Portugal, contando com cerca de 10 mil clientes.

A empresa tem cerca de 100 pessoas a trabalhar em simultâneo nos mercados espanhol e português.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório