Meteorologia

  • 17 FEVEREIRO 2020
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Japão quadruplicou superavit da conta corrente no primeiro semestre

O Japão anunciou hoje que o seu superavit mais do que quadruplicou no primeiro semestre do atual exercício fiscal graças a uma melhoria do comércio e ao retorno de investimentos do país no exterior.

Japão quadruplicou superavit da conta corrente no primeiro semestre
Notícias ao Minuto

06:42 - 10/11/15 por Lusa

Economia Aumento

O superavit da conta corrente do Japão atingiu 8,7 biliões de ienes (65,7 mil milhões de euros) entre abril e setembro -- correspondente ao primeiro semestre do ano fiscal - contra 2 biliões de ienes (15,1 mil milhões de euros) em igual período do ano anterior, segundo dados oficiais.

A balança da conta corrente, que reflete os pagamentos e receitas de trocas com o exterior de bens, serviços, rendas e transferências, é considerada um dos indicadores mais abrangentes da terceira economia mundial.

Só em setembro, o superavit da conta corrente aumentou 50,1% para 1,5 biliões de ienes (11,3 mil milhões de euros), o 15.º mês consecutivo de subida em termos anuais homólogos, indicou o Ministério das Finanças japonês.

Os dados surgem depois de o ministério ter informado que o défice comercial encolheu mais de 80% em setembro devido à queda do valor das importações do setor energético.

A balança comercial japonesa tem estado no "vermelho" devido à elevada dependência da importação de combustíveis fósseis para a produção de eletricidade depois do "apagão" nuclear que teve lugar na sequência do acidente na central de Fukushima, provocado pelo sismo seguido de tsunami de março de 2011.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório