Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2020
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 22º

Edição

BES e família Espírito Santo ligados a empresa que mais fugia ao Fisco

Ricardo Salgado tinha uma participação na ESGER, detida em mais de 80% pelo BES.

BES e família Espírito Santo ligados a empresa que mais fugia ao Fisco

O Banco Espírito Santo (BES), assim como alguns elementos da família, tinha ligações à ESGER – Empresa de Serviços e Consultoria S. A., uma das empresas que mais promoveu esquemas de fuga ao Fisco em Portugal.

Segundo o Jornal de Notícias, tal foi revelado na acusação do Ministério Público, que dá conta de que 19 acusados terão defraudado o Estado em mais de 16 milhões de euros entre 2000 e 2008.

Desta lista não fazem parte, porém, Ricardo Salgado, José Manuel Espírito Santo e Mário Mosqueira do Amaral, que detinham cada um 0,067% de participação social. O BES tinha, por sua vez, 81,8% do capital, a que se somam 16,66% detidos pelo Banco Internacional de Crédito, pertencente ao mesmo grupo.

A ESGER constituía e geria sociedades no estrangeiro e, através de esquemas de compras e vendas fictícias de produtos, proporcionava serviços de poupança fiscal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório