Meteorologia

  • 23 ABRIL 2021
Tempo
20º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

Santander acusado de má-fé. Empresas públicas pedem indemnização

O julgamento em tribunal dos swaps arrancou esta segunda-feira e deverá terminar a 20 de novembro.

Santander acusado de má-fé. Empresas públicas pedem indemnização

As empresas públicas de transporte consideram que banco Santander agiu de má-fé nos swaps e pedem, por isso, uma indemnização para os seus clientes

Segundo o Diário Económico, os nove swaps concretizados pela Metro de Lisboa, Metro do Porto, Carris e STCP, a ser julgados em tribunal a partir desta semana, somam perdas potenciais acumuladas para o Estado avaliadas em cerca de 1.400 milhões de euros.

A equipa de 15 advogados que defende as empresas estatais acusa o Santander de pretender obter lucros significativos à custa das transportadoras públicas caso as taxas de referência usadas no cálculo das taxas de juro não evoluíssem de acordo com as expetativas de mercado.

Em defesa, o banco argumenta que desde que começaram os maus resultados propôs a renegociação dos swaps por 46 vezes, permitindo ainda que as empresas terminassem os contratos a qualquer momento.

Alega ainda que transferiu o risco dos swaps para uma terceira parte pelo que os ganhos do Santander eram sempre os mesmos quer os resultados fossem positivou ou negativos para as empresas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório