Meteorologia

  • 25 JUNHO 2019
Tempo
24º
MIN 23º MÁX 25º

Edição

O que é que o "complicómetro só prejudica"?

O vice-primeiro-ministro Paulo Portas congratulou-se com o investimento estrangeiro em Portugal.

O que é que o "complicómetro só prejudica"?

Paulo Portas esteve na apresentação de um novo projeto do grupo IKEA, em Loulé, e elogiou o trabalho da marca sueca, principalmente por trabalhar com fornecedores e empresas portuguesas.

“O IKEA veio para Portugal trabalhar com fornecedores portugueses e com empresas portuguesas com qualidade que integram a cadeia de valor que o IKEA pode apresentar ao mercado”, sublinhou o vice-primeiro-ministro.

O líder centrista acredita que a presença do IKEA em Portugal e o investimento, agora no sul do país, “é muito bom sinal”, mostrando que a “criação muito significativa de postos de trabalho” é a “consequência” da situação favorável do investimento estrangeiro.

Paulo Portas referiu que é necessário cumprir a lei mas que o “complicómetro apenas prejudica", é necessário “resolver problemas”, mas não criá-los, diz. “Permitir que a criação de emprego seja feita nas nossas terras e para as nossas gentes é o nosso primeiro dever. O nosso primeiro dever não é criar complicações que levem o investimento para outros países”, conclui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório