Meteorologia

  • 25 JULHO 2021
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

FMI diz 'não' à moeda chinesa

Divisa da China sofreu um percalço no caminho para o reconhecimento internacional. Instituição liderada por Christine Lagarde pede mais esforços de Pequim.

FMI diz 'não' à moeda chinesa

O Fundo Monetário Internacional ainda não vai passar a utilizar o yuan como moeda oficial nas reservas de divisas. Segundo o Wall Street Journal, a moeda chinesa não recebeu a ‘bênção’ do Fundo na mais recente avaliação, devido à falta de abertura da economia da China.

“O acesso livre aos mercados da China seria importante, tal com uma taxa de juro definida pelos mercados”, afirmou o FMI em comunicado oficial.

O governo de Pequim vê assim confirmado mais um ‘não’ da entidade liderada por Christine Lagarde. Fica de novo afastada a hipótese de o yuan se juntar ao dólar, euro e iene como uma das divisas utilizadas nas reservas financeiras dos países nos cofres do FMI.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório