Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 19º MÁX 27º

Aumento de impostos fez 'cair' consumo de tabaco

O sucessivo aumento de impostos sobre o tabaco tem feito o consumo de cigarros diminuir desde 2011. Em 2014, a quebra no consumo chegou aos 3,66%, dá conta o Jornal de Notícias, isto apesar de muitos consumidores terem tentado fugir do tradicional maço de tabaco, optando por consumir tabaco de enrolar.

Aumento de impostos fez 'cair' consumo de tabaco
Notícias ao Minuto

08:41 - 25/01/15 por Notícias Ao Minuto

Economia Carga fiscal

O aumento da carga fiscal sobre o tabaco tem feito recuar o consumo de cigarros desde 2011. Em 2014, segundo dados da Autoridade Tributária, citados pelo Jornal de Notícias, a quebra verificada ultrapassou os 3,5%, sendo que o volume de cigarros introduzidos no mercado recuou 360 milhões de 2013 para 2014.

Porém, no que toca ao tradicional maço de tabaco, o aumento do preço foi, em média, de apenas cinco cêntimos.

No tabaco de enrolar, uma alternativa mais económica para os tabagistas, a queda foi ainda mais abrupta, dá conta a mesma publicação. Em 2012, a AT dava conta de 1,69 mil milhões de toneladas de tabaco vendido. Um ano depois, o valor descia para 1,12 mil milhões, e, já no final de 2014, para os 805 milhões.

Refere o Jornal de Notícias que esta quebra poderá estar também relacionada com o facto de muitos consumidores terem optado por encontrar no mercado paralelo os maços de tabaco, não sendo possível desta forma contabilizar o número de cigarros vendidos.

Este ano, espera-se uma subida, novamente, média, de cinco cêntimos por maço, mas um aumento também do preço do tabaco de enrolar, que representa já 20% do mercado.

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório