Meteorologia

  • 24 MAIO 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Fundação Magalhães foi extinta em 2011 mas continua a gastar

Ainda que a sua extinção tenha sido anunciada há três anos, a fundação Magalhães continua em atividade e, desde então, foram celebrados 18 contratos no valor de quase meio milhão de euros, segundo o i.

Fundação Magalhães foi extinta em 2011 mas continua a gastar
Notícias ao Minuto

08:11 - 18/09/14 por Notícias Ao Minuto 

Economia Magalhães

Decorria o mês de setembro de 2011 quando o Governo anunciou a extinção da Fundação para as Comunicações Móveis (FCM).

No entanto, três anos passados, a fundação Magalhães, como é conhecida, continua em atividade. De acordo com o jornal i, desde essa data foram celebrados 18 contratos no valor global de 402,2 mil euros (mais IVA).

Segundo os dados publicados no portal Base, o último contrato foi assinado a 30 de junho com a empresa Euromex – Facility Services. O documento diz respeito à aquisição de “serviços de limpeza” por um período de 365 dias e tem um preço contratual de 10,8 mil euros, a que acresce o valor de IVA.

Em 2014, foram celebrados mais dois contratos relativos à “realização de revisão independente da conformidade das contas do Programa e.Escola” e a uma “auditora às demonstrações financeiras de 2013”.

Questionado pelo jornal i, o Executivo não esclareceu ainda o porquê de a fundação não ter sido extinta, mesmo depois de no ano passado ter sido dado a garantia, pelo Ministério da Economia, de que o pagamento dos montantes devidos aos operadores móveis iria “ocorrer ainda no decurso do ano de 2013”, ao qual se seguiria “a extinção da fundação”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório