Meteorologia

  • 31 MARçO 2020
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

TAP: trabalhadores em fuga para companhias asiáticas

Num ano e meio, 37 comandantes portugueses trocaram a TAP por companhias aéreas do Médio Oriente, de acordo com o Expresso. A mesma publicação indica que estas empresas apostam cada vez mais no mercado europeu.

TAP: trabalhadores em fuga para companhias asiáticas

As companhias aéreas do Médio Oriente viraram-se para Portugal (e para a Europa) e parecem não querer arredar pé. Para estas empresas, o Velho Continente é uma aposta séria e Portugal tem sido um dos países escolhidos para fazer recrutamento.

De acordo com a edição online do Expresso, num ano e meio, a TAP perdeu 37 comandantes, principalmente para companhias do Médio Oriente (Emirates, Qatar Airways, Etihad Airways) e asiáticas (Korean Air).

As razões? Várias e todas relacionadas com melhores condições de emprego, diz a mesma publicação. Desde salários líquidos superiores aos pagos pela transportadora aérea portuguesa (em 60% a 65%), casas pagas ou subsídios mensais para habitação na ordem dos três mil euros líquidos e até dinheiro para pagar a escola a cada filho.

A Emirates, por exemplo, já contratou em Portugal 21 pilotos e cerca de 400 tripulantes e a Qatar deverá ser a próxima a entrar no mercado nacional.

A Etihad Airways chegou a acordo para comprar uma participação de 49% na Alitalia, posicionando-se, assim, de forma estratégica no mercado europeu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório