Meteorologia

  • 13 JULHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 25º

Água. Dessalinizadora é última solução mas é preciso preparar o futuro

A ministra do Ambiente e Energia considerou hoje a construção de uma dessalinizadora no Algarve como uma última solução, mas salientou a necessidade de preparar para o futuro face à escassez permanente de água na região.

Água. Dessalinizadora é última solução mas é preciso preparar o futuro
Notícias ao Minuto

12:02 - 10/07/24 por Lusa

Economia ministra do Ambiente

"O que é facto é que, nessa situação, temos de acautelar o futuro e equipamentos como esse demoram a ser construídos e é nessa perspetiva que continuamos com o projeto, que vem de trás, da dessalinizadora do Algarve", afirmou Maria da Graça Carvalho, que está a ser ouvida na comissão parlamentar de Ambiente e Energia.

Na resposta aos deputados, a governante adiantou que este tipo de equipamentos deve ser a "última solução", enumerando as prioridades nessa matéria: poupar água, ter menos perdas, reutilizar água, utilizar bem as infraestruturas existentes e aumentar a capacidade que existe.

"E só se tudo isso não chegar é que devemos ir para um tipo de dessalinizadora, por vários motivos", salientou Maria da Graça Carvalho, apontando os impactos ambientais inerentes a estes equipamentos, assim como o seu elevado custo, que "alguém tem de pagar".

Mesmo com uma poupança de água entre os 10% e os 20% nos últimos meses, o Algarve está "já num regime de escassez de água permanente", realçou a ministra do Ambiente, ao adiantar que Espanha tem cerca de 700 destes equipamentos, mas "nem todos trabalham bem", enquanto Malta resolveu o seu problema de falta de água com essa solução.

A construção de uma dessalinizadora no concelho de Albufeira, cujo valor base é de 90 milhões de euros, é uma das medidas de resposta à seca que afeta a região sul de Portugal, prevendo-se que o equipamento tenha uma capacidade inicial de conversão de água do mar em potável de 16 hectómetros cúbicos.

De acordo com a Águas do Algarve, empresa responsável pelo abastecimento de água na região, que tem a seu cargo a gestão de infraestruturas como barragens ou Estações de Tratamento de Águas Residuais, a conclusão da obra está prevista para o final de 2026.

Recentemente, uma plataforma que agrupa associações ambientalistas iniciou uma diligência judicial junto do Ministério Público, pedindo a invalidação da Declaração de Impacto Ambiental favorável à construção de uma dessalinizadora no Algarve.

Leia Também: Revisão do Plano de Energia e Clima está fase de conclusão

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório