Meteorologia

  • 24 JULHO 2024
Tempo
22º
MIN 20º MÁX 38º

INE confirma abrandamento da inflação em junho para 2,8%

Valor foi inferior em 0,3 pontos percentuais (p.p. ) ao observado no mês anterior.

INE confirma abrandamento da inflação em junho para 2,8%
Notícias ao Minuto

11:19 - 10/07/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

Economia Inflação

A variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) foi de 2,8% em junho, confirmou o Instituto Nacional de Estatística (INE) em comunicado, esta quarta-feira. Recorde-se que, já no fim do mês o INE tinha apontado para um abrandamento da inflação em junho, em estimativa rápida.

Segundo o INE, a taxa foi inferior em 0,3 pontos percentuais (p.p.) à observada no mês anterior.

"O indicador de inflação subjacente (índice total excluindo produtos alimentares não transformados e energéticos)" foi revisto em alta em 0,1 p.p., "registando uma variação de 2,4% (2,7% em maio)", lê-se ainda no comunicado do INE.

Nele, explica-se que a variação do índice relativo aos produtos energéticos aumentou para 9,4% (7,8% no mês precedente), enquanto o índice referente aos produtos alimentares não transformados diminuiu para 1,8% (2,5% no mês anterior), tendo sido revisto em baixa face aos 2,0% estimados no final de junho.

A variação mensal do IPC, por outro lado, foi nula (0,2% no mês precedente e 0,3% em junho de 2023), já a variação média dos últimos doze meses foi de 2,5% (2,6% em maio).

Sem produtos alimentares não transformados e energéticos, a taxa de variação média a 12 meses foi de 3,0%, enquanto a variação mensal foi de -0,2%, contra 3,3% e 0,3% no mês de maio, respetivamente.

Quanto ao Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português, este registou uma variação homóloga de 3,1%, em linha com o estimado no final de junho. Este valor foi inferior em 0,7 p.p. ao registado em maio, mas superior em 0,6 p.p. ao estimado pelo Eurostat para a área do Euro (em maio a taxa em Portugal tinha sido superior à da área do Euro em 1,2 p.p.).

"Esta desaceleração deve-se em grande medida à redução dos preços dos hotéis, cuja aceleração registada em maio se deveu essencialmente a um evento cultural de dimensão relevante ocorrido em Lisboa", explica o INE.

Sem produtos alimentares não transformados e energéticos, o IHPC em Portugal foi de 2,7% em junho, contra 3,6% em maio e abaixo da taxa correspondente para a área do Euro, estimada em 2,8%.

Em junho, o IHPC registou uma variação mensal de -0,3% (1,0% no mês anterior e 0,4% em junho de 2023) e uma variação média dos últimos 12 meses de 3,2% (3,3% no mês precedente).

[Notícia atualizada às 11h28]

Leia Também: Inflação na China fixa-se em 0,2% em junho

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório