Meteorologia

  • 16 JULHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 26º

Preço das casas mais caras à venda em Portugal subiu 6,5% num ano

Análise do Idealista mostra que a Madeira é a região onde as casas mais exclusivas sofreram as maiores valorizações.

Preço das casas mais caras à venda em Portugal subiu 6,5% num ano
Notícias ao Minuto

10:12 - 25/06/24 por Notícias ao Minuto

Economia Casas

O preço das casas mais caras à venda em Portugal subiu 6,5% num ano, revelou, esta terça-feira, o site Idealista, num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

De acordo com a mesma nota, a subida dos imóveis situados no percentil 90 dos preços, ou seja, os 10% mais caros, foi equivalente à registada pelo mercado no seu conjunto, cujo aumento se fixou em 6,4%.

A Madeira foi a região onde as casas mais exclusivas sofreram as maiores valorizações (21,7%). Neste ranking seguem-se Castelo Branco (19,2%), Beja (16,5%), Portalegre (14,8%), Guarda (13,1%) e Viseu (12,7%).

Em apenas dois distritos o preço dos imóveis mais caros reduziu: Évora (-4,2%) e Braga (-4,3).

Em relação à evolução dos preços do mercado como um todo, as casas à venda mais exclusivas tiveram aumentos mais significativos em 5 dos 20 distritos analisados. A maior diferença registou-se em Castelo Branco, onde o preço cresceu 9,9%, enquanto o mercado do percentil 90 cresceu 19,2%.

Seguem-se Guarda (7,8% do mercado e 13,1% do percentil 90), Beja (12,5% do mercado e 16,5% do percentil 90), Faro (7,7% do mercado e 11,3% do percentil 90) e Portalegre (12,5% do mercado e 14,8% do percentil 90).

No extremo oposto encontramos Viseu, onde as 10% das casas mais caras aumentaram menos do que o mercado: o mercado subiu 16,7%, enquanto os imóveis situados no percentil 90 apenas cresceram 12,7%.

Capitais de distrito. A maior diferença registou-se em Leiria

Funchal é a cidade onde as casas mais exclusivas apresentaram uma maior subida, com um aumento de 18,8% no preço. Seguem-se Leiria (17,8%), Castelo Branco (13,8%), Viseu (13,8%), Vila Real (13,2%) e Portalegre (12,1%). 

Analisando a evolução dos preços do mercado como um todo, as casas à venda mais exclusivas tiveram aumentos mais significativos em 8 das 20 cidades analisadas.

A maior diferença registou-se em Leiria, onde o preço cresceu 10,4%, enquanto o mercado do percentil 90 cresceu 17,8%. Seguem-se Vila Real (6,2% do mercado e 13,2% do percentil 90), Castelo Branco (7,8% do mercado e 13,8% do percentil 90), Guarda (0,6% do mercado e 6,6% do percentil 90), Setúbal (3,5% do mercado e 7% do percentil 90) e Viseu (10,8% do mercado e 13,8% do percentil 90).

Já em Viana do Castelo, a diferença entre o mercado e o segmento mais alto são significativas visto que os preços encareceram 22,2% no mercado e apenas 5% no percentil 90.

Leia Também: Descoberto o móvel mais antigo da Ikea em Portugal. É...

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório