Meteorologia

  • 18 JULHO 2024
Tempo
33º
MIN 16º MÁX 33º

Dívida emitida pelas Administrações Públicas supera amortizações

As emissões de títulos de dívida das administrações públicas superaram as amortizações em 5.700 milhões de euros no final de maio, informou hoje o Banco de Portugal (BdP).

Dívida emitida pelas Administrações Públicas supera amortizações
Notícias ao Minuto

13:45 - 19/06/24 por Lusa

Economia BdP

Segundo o banco central, em maio, o valor total de títulos de dívida emitidos por entidades residentes era de 292.400 milhões de euros, mais 8.300 milhões de euros do que no final do mês anterior.

Para esta variação, o BdP diz ter contribuído o facto de as emissões de títulos de dívida das administrações públicas terem superado as amortizações em 5.700 milhões de euros e de as emissões de títulos de dívida do setor financeiro terem excedido as amortizações em 2.200 milhões de euros.

Já os títulos de dívida pública registaram valorizações de 1.000 milhões de euros.

No final de maio, estavam previstas para os 12 meses seguintes amortizações de 36.600 milhões de euros, o que corresponde a 12,5% do 'stock' de títulos de dívida vivos naquela data.

Entre as amortizações calendarizadas, destacam-se as relativas a títulos do setor financeiro, entre outubro e dezembro de 2024, de 6.900 milhões de euros; títulos das administrações públicas, em julho de 2024, de 2.700 milhões de euros, e em outubro de 2024, de 2.900 milhões de euros; e títulos das empresas não financeiras, em junho de 2024, de 5.000 milhões de euros.

Nas empresas não financeiras, as amortizações previstas correspondiam sobretudo a papel comercial, um instrumento de financiamento de curto prazo que o BdP diz ser "muito utilizado pelas empresas portuguesas e que é habitualmente objeto de renovação, isto é, de amortização acompanhada de nova emissão, igualmente de curto prazo".

"É, por isso, uma situação normal registar-se, sistematicamente, um valor elevado de amortizações calendarizadas para o mês seguinte", nota.

No final de maio de 2024, o 'stock' de ações cotadas emitidas por entidades residentes atingiu 66.700 milhões de euros, mais 1.400 milhões do que no final do mês anterior, tendo contribuído para esta variação as valorizações de ações cotadas de empresas não financeiras e do setor financeiro, de 800 e 600 milhões de euros, respetivamente.

Os dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal detalham ainda que, em maio, as emissões de títulos de dívida ESG ('Environmental, Social and Governance') superaram as amortizações em 1.300 milhões de euros, "o valor mais elevado desde setembro de 2021".

Para este valor contribuíram essencialmente as emissões de títulos de dívida da categoria ESG verde por parte de empresas não financeiras e do setor financeiro, em 800 e 500 milhões de euros, respetivamente.

No final do mês, estavam vivos 65 títulos de dívida ESG, num montante total de 11.900 milhões de euros.

O BdP atualiza as estatísticas de emissões de títulos a 16 de julho.

Leia Também: Garantia pública na habitação levanta dúvidas. BdP pede "cautela"

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório