Meteorologia

  • 15 JULHO 2024
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 26º

CP mantém "resultado líquido positivo pelo segundo ano consecutivo"

Registou-se, em 2023, um aumento de passageiros de cerca de 17% relativamente ao ano anterior.

CP mantém "resultado líquido positivo pelo segundo ano consecutivo"
Notícias ao Minuto

16:52 - 18/06/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

Economia CP

A CP - Comboios de Portugal manteve, em 2023, um "resultado líquido positivo na ordem dos 3,6 milhões de euros, apesar dos desafios económicos e operacionais".

Em comunicado, a empresa ferroviária saúda que, "depois de, em 2022, [...] ter alcançado, pela primeira vez na sua história, resultados líquidos positivos, os resultados de 2023 demonstram que a empresa mantém o compromisso com uma gestão financeira sólida e sustentável".

A CP revelou, também, que "o ano de 2023 foi marcado por um crescimento exponencial no número de passageiros", sendo que "foram transportados 173,3 milhões de pessoas, representando um aumento de cerca de 17% em relação ao ano anterior".

Este crescimento, argumenta a empresa, "reflete a confiança cada vez maior da população nos serviços da CP e a eficácia das estratégias".

O presidente do Conselho de Administração da CP, Pedro Moreira, afirmou que "o crescimento no número de passageiros é um sinal claro" que a empresa está "no caminho certo".

"A população confia nos nossos serviços, e isso é um testemunho da eficácia das nossas estratégias e do trabalho árduo de todos os nossos trabalhadores", continuou, acrescentando: "Sem a dedicação e o trabalho árduo dos nossos trabalhadores, não teríamos alcançado estes resultados. Juntos, estamos a moldar o futuro do transporte ferroviário em Portugal e a reforçar a nossa posição de liderança enquanto maior transportador terrestre nacional".

Segundo a empresa, foi a estratégia de "reabertura de oficinas que estavam fechadas há vários anos e a recuperação e reposição ao serviço de material circulante imobilizado, desde automotoras a locomotivas e carruagens", que lhe permitiu "ter capacidade de resposta para o grande aumento de passageiros registado em 2023".

No ano passado, a CP diz ter reforçado o serviço Alfa Pendular, que "passou a ter mais comboios diários, respondendo à crescente procura", tendo este alargamento da oferta contribuído para que, já no primeiro quadrimestre de 2024, face ao mesmo período de 2023, se registasse um aumento de 36% no número de passageiros que utilizam este serviço.

Para o aumento do número de passageiros registado em 2023 a CP refere ter ainda contribuído a implementação de um Passe Ferroviário Nacional, válido para utilização a partir de 01 de agosto de 2023, com um valor mensal fixo de 49 euros, que permite viajar nos comboios regionais em todo o território nacional, independentemente do ponto de partida ou destino.

Reforçando "o compromisso da empresa com a sustentabilidade e a inovação", o presidente da CP afirma que a empresa tem procurado "aprimorar a eficiência, minimizar custos e assegurar a sustentabilidade das operações", propondo-se "continuar a melhorar a qualidade do transporte ferroviário em Portugal", apostar em soluções de mobilidade sustentável e investir no desenvolvimento e implementação de soluções tecnológicas mais eficientes.

[Notícia atualizada às 19h11]

Leia Também: Trabalhadores da CP marcam greve conjunta para 28 de junho

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório