Meteorologia

  • 24 JULHO 2024
Tempo
34º
MIN 20º MÁX 37º

Euro segue a 1,07 dólares após ter recuado ao longo da semana

O euro seguia hoje a 1,07 dólares, depois de ter recuado na última semana cerca de 1% com a decisão da Reserva Federal (Fed) de deixar as taxas de juro elevadas durante mais tempo.

Euro segue a 1,07 dólares após ter recuado ao longo da semana
Notícias ao Minuto

18:36 - 14/06/24 por Lusa

Economia Euro

Às 17:55 (hora de Lisboa), o euro negociava a 1,0700 dólares quando na quinta-feira seguia a 1,0737 dólares.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou a taxa de câmbio do euro em 1,0686 dólares.

O euro perdeu terreno face ao dólar, numa semana em que se viu afetado pela incerteza após as eleições para o Parlamento Europeu e a convocação de eleições antecipadas em França, segundo analistas.

A meio desta semana, a pressão acentuou-se com a decisão da Fed de adiar a descida das taxas de juro nos Estados Unidos.

O banco central norte-americano decidiu manter a taxa dos fundos federais no intervalo entre 5,25% e 5,50%, o nível mais alto em mais de 20 anos, e sinalizou que prevê fazer apenas um corte até ao fim do ano em vez das três descidas antecipadas anteriormente.

Hoje, nos Estados Unidos foi anunciado que o índice de sentimento dos consumidores da Universidade de Michigan caiu em junho para 65,6 pontos, face aos 69,1 do mês anterior.

Divisas...............hoje.............. quinta-feira

Euro/dólar............1,0700.................1,0737

Euro/libra............0,84345...............0,84234

Euro/iene.............168,32.................168,40

Dólar/iene............157,30.................156,84

Leia Também: PSI perde 0,42% em dia de quedas acentuadas na Europa

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório