Meteorologia

  • 13 JULHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 25º

Euro cai e volta a ficar abaixo de 1,08 dólares

O euro caiu hoje face ao dólar, ficando abaixo da barreira dos 1,08 dólares, um dia após a reserva federal (Fed) dos EUA ter decidido manter as taxas de juro entre 5,25% e 5,50%.

Euro cai e volta a ficar abaixo de 1,08 dólares
Notícias ao Minuto

18:16 - 13/06/24 por Lusa

Economia Euro

Às 18:01 (hora de Lisboa), o euro seguia a 1,0737 dólares, quando na quarta-feira, pela mesma hora, negociava a 1,0844 dólares.

O euro também cedeu em comparação com a libra e com o iene.

O BCE fixou a taxa de câmbio do euro em 1,0784 dólares.

A reserva federal (Fed) norte-americana anunciou, na quarta-feira, que mantém as taxas de juro entre 5,25% e 5,50% e indicou que prevê uma descida ainda este ano.

Em março, os membros da Fed indicaram que se mantinha a anterior previsão de fazer três descidas de 25 pontos base ao longo de 2024, mas a lenta descida da inflação tem dificultado a concretização desses cortes nas taxas de juro.

A decisão foi anunciada em comunicado após dois dias de reunião do banco central norte-americano, que reviu em alta as suas previsões para a inflação para 2,6% (2,4% anteriormente) em 2024 e 2,3% (2,2%) em 2025, apontando "progressos modestos" para atingir o objetivo de 2%.

A Fed começou a subir as taxas de juro em março de 2022 para lutar contra a inflação elevada, deixando desde julho de 2023 a taxa dos fundos federais no intervalo entre 5,25% e 5,50%, o nível mais alto em mais de 20 anos.

O presidente da Fed assegurou que não vai haver mais cortes na taxa de juro de referência "até que haja maior confiança quanto à evolução de forma sustentável da inflação para os 2%".

Já hoje foi anunciado que os pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos da América (EUA) aumentaram para 242.000 na semana terminada em 08 de junho, segundo dados divulgados pelo Departamento do Trabalho (DOL) norte-americano.

"Na semana encerrada em 08 de junho, o número de pedidos iniciais ajustados sazonalmente foi de 242.000, um aumento de 13.000 em relação ao nível não revisto da semana anterior de 229.000", indicou, em comunicado, o DOL.

A média móvel das últimas quatro semanas fixou-se em 227.000, uma subida de 4.750 pedidos face à média não revista da semana anterior (222.250).

Divisas...............hoje..............quarta-feira

Euro/dólar............1,0737.................1,0844

Euro/libra............0,84234................0,84414

Euro/iene.............168,40.................168,93

Dólar/iene............156,84.................155,79

Leia Também: Europol desmantela rede de tráfico de cocaína vinda do Brasil para a Europa

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório