Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 26º

Greenvolt altera máximo para aumento de capital e elege administração

Os acionistas da Greenvolt aprovaram hoje a alteração dos estatutos da empresa, permitindo que o Conselho de Administração possa aumentar o capital social até 300 milhões de euros, e elegeram os membros para este órgão.

Greenvolt altera máximo para aumento de capital e elege administração
Notícias ao Minuto

19:33 - 12/06/24 por Lusa

Economia Greenvolt

Na reunião de hoje, foi dada 'luz verde' a uma proposta apresentada pela Mediobanca, que permite ao Conselho de Administração da empresa de energias renováveis "deliberar o aumento do capital social, por uma ou mais vezes, até ao limite de 300.000.000 euros", segundo um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A alteração dos estatutos vem determinar também que o mandato dos membros da mesa da assembleia geral é de três anos, podendo ser renovado por uma ou mais vezes.

Por sua vez, o mandato dos membros do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal é de um ano, também renovável por uma ou mais vezes.

O mesmo acontece com o mandato do revisor oficial de contas, "sendo o período mínimo inicial do exercício de funções da revisão legal das contas aquele que resultar da legislação aplicável".

A assembleia geral ficou encarregue de estabelecer as remunerações dos membros dos órgãos sociais, podendo ainda nomear a comissão de vencimentos para fixar essa remuneração.

A comissão de vencimentos pode ter membros independentes.

Na sequência da alteração dos estatutos, foi também aprovada uma proposta que fixa em seis o número de membros do Conselho de Administração.

Dependente da aprovação dos anteriores pontos estava a eleição do Conselho de Administração da Greenvolt para o mandato de 2024.

O Conselho de Administração da empresa, anteriormente presidido por Clementina Barroso, vai ser liderado por Vincent Policard.

Deste órgão fazem ainda parte Bernardo Nogueira (vice-presidente), João Manso Neto (vogal), Cristina Rodriguez (vogal), Sérgio Monteiro (vogal) e Maria Joana Pais (vogal).

Para o Conselho Fiscal, por sua vez, foram eleitos Pedro Matos Silva (presidente), Francisco Nogueira Leite (vogal), Cristina Linhares Fernandes (vogal) e André Pinto (suplente).

Já para a Comissão de Vencimentos foram designados Bernardo Salgado Nogueira (presidente), Vincent Policard (vogal), Fernanda Vieira de Moura (vogal) e Francisco Nogueira Leite (vogal).

Na sessão de hoje da bolsa, as ações da Greenvolt cederam 0,06% para 8,30 euros.

Leia Também: Greenvolt já registou aumento de capital de 200 milhões de euros

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório