Meteorologia

  • 15 JULHO 2024
Tempo
26º
MIN 18º MÁX 26º

PSI em baixa com REN a cair mais de 4,2%

A bolsa de Lisboa negociava hoje em baixa, com as ações da REN a descerem 4,27% para 2,36 euros.

PSI em baixa com REN a cair mais de 4,2%
Notícias ao Minuto

10:06 - 29/05/24 por Lusa

Economia PSI

Cerca das 09h25 em Lisboa, o PSI mantinha a tendência da abertura e baixava 0,52% para 6.874,54 pontos, com 11 'papéis' a descer, quatro a subir e um a manter a cotação (Greenvolt em 8,30 euros).

Às ações da REN seguiam-se as da Altri, Navigator e EDP Renováveis, que registavam perdas de 1,25% para 5,13 euros, 0,89% para 4,02 euros e 0,76% para 14,44 euros.

Os títulos da Mota-Engil, EDP e Corticeira Amorim desciam, designadamente 0,63% para 4,07 euros, 0,32% para 3,70 euros e 0,31% para 9,54 euros.

As outras quatro ações que desciam de cotação eram as da Ibersol, Semapa, Sonae e NOS, que registavam perdas entre 0,27% e 0,15%.

Em sentido contrário, as ações dos CTT, Jerónimo Martins e Galp avançavam 0,69% para 4,41 euros, 0,10% para 20,48 euros e 0,08% para 20,01 euros. As ações do BCP subiam 0,06% para 0,36 euros.

As principais bolsas europeias estavam hoje em baixa, arrastadas pelas dúvidas sobre a política monetária da Reserva Federal dos EUA (Fed).

O presidente da Fed de Minneapolis, Neel Kashkari, defendeu na terça-feira que se deve "esperar e ver" como evolui a inflação ao longo de alguns meses antes de cortar as taxas de juro, tendo mesmo considerado novos aumentos se os preços subirem.

Neste contexto, Wall Street fechou mista, com perdas no principal indicador, o Dow Jones Industrials (0,55%), embora o tecnológico Nasdaq tenha ultrapassado o recorde de 17.000 pontos graças à Nvidia.

Os futuros dos principais indicadores de Wall Street apontam para uma abertura negativa, num dia em que se espera que vários membros da Fed voltem a falar, que também apresentará o seu Livro Bege.

No entanto, o acontecimento mais aguardado será a divulgação dos dados da inflação alemã, que deverá ter voltado a acelerar em maio.

Os investidores também vão estar atentos aos dados do IPC francês e espanhol, que serão divulgados na quinta-feira, e os da zona euro como um todo, na sexta-feira.

Hoje, os investidores também estarão atentos ao sentimento do consumidor alemão Gfk e às vendas a retalho espanholas.

O barril de petróleo Brent para entrega em julho abriu hoje em alta, a cotar-se a 84,50 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 84,22 dólares na terça-feira.

Os juros da obrigação alemã a 10 anos, considerada a mais segura da Europa, avançavam para 2,635%, contra 2,591% na terça-feira.

A nível cambial, o euro abriu a desvalorizar-se no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0854 dólares, contra 1,0875 dólares na sessão anterior.

Leia Também: Intervenção do TdC no ano passado poupou 389 milhões em futura despesa

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório