Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 25º

Wall Street fecha sem rumo mas com novo recorde do Nasdaq

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje sem rumo definido, mas com o setor da tecnologia a levar o seu índice, o Nasdaq, para níveis nunca atingidos, enquanto os investidoras aguardam pela informação sobre o comportamento dos preços.

Wall Street fecha sem rumo mas com novo recorde do Nasdaq
Notícias ao Minuto

22:38 - 28/05/24 por Lusa

Economia Bolsas

Os resultados definitivos da sessão indicam que o Nasdaq valorizou 0,59%, o que lhe permitiu superar pela primeira vez o limiar dos 17 mil pontos, o que também significou bater o recorde que tinha estabelecido na sexta-feira.

Já o seletivo Dow Jones Industrial Average recuou 0,55%, enquanto o alargado S&P50 resistiu um terreno positivo, com um avanço anémico de 0,02%.

Índices bolsistas dispersos "é o tipo de mercado que nos arriscamos a ver esta semana, até à publicação, na sexta-feira, do índice de inflação PCI, que vai ser o grande indicador da semana", indicou Peter Cardillo, da Spartan Capital.

O índice PCE refere-se ao preço dos bens adquiridos pelos consumidores nos EUA e é o preferido pelo banco central [Reserva Federal (Fed)] para analisar o comportamento dos preços nos EUA.

Os analistas entendem que vai dar o tom para a próxima reunião de política monetária da Fed, em 12 de junho.

As previsões são as de que o PCE, em abril, permaneça nos 2,7% anuais e 0,3% mensais.

Enquanto esperam, os investidores reagiram com contenção à melhoria inesperada da confiança dos consumidores em abril.

O índice que mede esta variável estabeleceu-se em 201 pontos em maio, segundo o inquérito mensal do Conference Board, depois de 97,5 em abril e quando os analistas esperavam uma queda, para os 96.

Isto pode indiciar uma atividade económica sustentada, pouco propícia, assim, a uma redução da inflação, ou pode prolongar no tempo a atual política monetária de taxas elevadas.

O Nasdaq voltou a dever a sua valoração coletiva ao setor dos semicondutores, em particular à Nvidia, que fechou em alta de 6,98%.

Esta especialista em chips para a inteligência artificial (IA) beneficiou em concreto do entusiasmo suscitado pelo anúncio de que a 'start-up' de Elon Musk, especializada em IA, ter conseguido seis mil milhões de dólares de novos financiamentos para o seu desenvolvimento neste setor em efervescência.

Leia Também: Índice Nasdaq ultrapassa 17.000 pontos pela primeira vez

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório