Meteorologia

  • 23 JUNHO 2024
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 30º

Consumidores da zona euro baixam previsão de inflação

Os consumidores da zona euro baixaram em abril a sua previsão de inflação para o próximo ano em uma décima de ponto percentual, para 2,9%, o nível mais baixo desde setembro de 2021, foi hoje anunciado.

Consumidores da zona euro baixam previsão de inflação
Notícias ao Minuto

11:32 - 28/05/24 por Lusa

Economia Zona Euro

Conforme divulgado hoje pelo Banco Central Europeu (BCE), os consumidores também reviram em baixa as expectativas de inflação para os próximos três anos, de 2,5% em março para 2,4% em abril.

Especificamente, os inquiridos consideraram que a inflação se situaria em 5% no último ano, o que se mantém em relação a março e põe termo a uma série de seis descidas consecutivas.

A inflação na zona euro manteve-se em abril, com uma taxa homóloga de 2,4%, quebrando assim a série de três meses consecutivos de quedas, enquanto a inflação subjacente -- que exclui a energia e os alimentos por serem mais voláteis -- caiu duas décimas para 2,7%, de acordo com os dados do gabinete de estatísticas da UE, Eurostat.

Do lado do rendimento, os inquiridos em abril esperavam que o seu rendimento crescesse 1,3% no próximo ano, a mesma percentagem que no mês anterior, enquanto as expectativas de crescimento das despesas nos próximos 12 meses também se mantiveram em 3,6%.

Em abril, os consumidores previam uma contração da economia de 0,8% no próximo ano, contra 1,1% em março, e uma taxa de desemprego de 10,9%, ou seja, mais duas décimas de ponto percentual do que na previsão anterior.

Além disso, consideram que os preços da habitação aumentarão 2,6% nos próximos 12 meses, mais duas décimas do que em março, mas mantiveram as suas expectativas para as taxas de juro hipotecárias em 5%.

Leia Também: Expectativas de inflação dos consumidores associadas à idade e rendimento

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório