Meteorologia

  • 20 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 22º

Aumento dos salários mínimos em Moçambique com efeitos a 1 de abril

O aumento dos salários mínimos em Moçambique, que varia entre 3% e 10,53%, vai ter efeitos retroativos a 01 de abril de 2024, de acordo com os diplomas ministeriais a que a Lusa teve hoje acesso.

Aumento dos salários mínimos em Moçambique com efeitos a 1 de abril
Notícias ao Minuto

09:18 - 24/05/24 por Paulo Julião

Economia Moçambique

Segundo os diplomas com as atualizações salariais, com data de 22 de maio, esses reajustes envolvem oito diferentes setores da economia moçambicana, tenda o último aumento nos salários mínimos ocorrido em abril de 2023.

O Governo moçambicano aprovou em 30 de abril passado reajustes salariais mínimos no país, com uma taxa que varia entre 3% e 10,53%, anunciou na ocasião o vice-ministro do Trabalho e Segurança Social, Rolinho Manuel Farnela.

O reajuste resultou de uma proposta da comissão consultiva de Trabalho, avançou o governante, após uma reunião do Conselho de Ministros, em Maputo.

"Os mínimos pontos tornados públicos não são os desejáveis, mas sim os possíveis, tomando em conta a atual conjuntura económica e social do nosso país", declarou o vice-ministro.

Entre os setores que registaram aumento, destaca-se o segmento que inclui a pesca, com os valores mais baixos, que, após o aumento de 3,3% no salário mínimo, o mesmo passa para 4.941 meticais (72 euros).

Também se destaca o setor que inclui a agricultura, pecuária, caça e silvicultura, em que o salário foi reajustado com uma taxa de 9,27%, passando para 6.338 meticais (93 euros).

No segmento da indústria e semi-industrial, o reajuste é de 5%, passando para 6.531 meticais (95 euros).

Na indústria de extração de minérios de grandes empresas e microfinanças, entre os que têm os salários mínimos mais altos, a taxa de reajuste foi de 8%, passando para 14.183 meticais (208 euros), e 10,53%, subindo para 15.741 meticais (231 euros), respetivamente.

Leia Também: Moçambique aumentou oferta hoteleira com 414 quartos até março

Recomendados para si

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório