Meteorologia

  • 20 JUNHO 2024
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 22º

Voos interilhas em Cabo verde com melhor desempenho que há um ano

Cabo Verde transportou mais passageiros entre ilhas nos meses de março e abril deste ano, com a companhia aérea estatal, do que no mesmo período de 2023, com o serviço concessionado, anunciou hoje o Governo.

Voos interilhas em Cabo verde com melhor desempenho que há um ano
Notícias ao Minuto

16:02 - 21/05/24 por Lusa

Economia Cabo Verde

"Feito o balanço dos meses de março e abril, apura-se o transporte de mais de 40 mil passageiros nos voos internos, com uma média de 78 voos semanais, números que ultrapassam a performance do período homólogo do ano passado", afirmou Carlos Santos, no parlamento, no primeiro dia da sessão parlamentar de maio que decorre até sexta-feira.

O ministro recordou que, com o fim de atividades da companhia angolana Bestfly, que tinha a concessão da Transportes Interilhas de Cabo Verde (TICV) desde 2021, o Governo "assumiu as suas responsabilidades e fez intervir a Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV) temporariamente na operação doméstica impedindo qualquer disrupção".

Os números foram divulgados num contexto de críticas da oposição sobre a situação dos transportes interilhas.

Démis Almeida, deputado do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição), referiu que a situação dos transportes aéreos interilhas "continua a ser de caos" devido a cancelamentos e reprogramação de voos e pediu as contas da intervenção da TACV no mercado doméstico.

João Santos Luís, presidente da União Cabo-verdiana Independente Democrática (UCID, terceiro partido parlamentar), considerou que as ligações aéreas continuam "sem norte", travando o desenvolvimento do turismo.

O Governo já reconheceu que continua a haver instabilidade nas ligações interilhas por falta de aviões -- a TACV alugou duas aeronaves e é obrigada a fazer cancelamentos e reprogramações sempre que uma avaria ou tem manutenção -- e o primeiro-ministro prometeu resolver o problema até final do ano.

Ulisses Correia e Silva anunciou na última semana a constituição de uma nova companhia aérea, 100% estatal, dedicada só aos voos domésticos, com mais aviões, adaptados a cada ilha.

Leia Também: Vistos para Portugal? Denúncias ajudam em investigação, diz PGR

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório