Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 29º

"Melhor perfil". Paulo Alexandre já tomou posse como provedor da SCML

Paulo Alexandre Sousa tomou posse pelas 17h30, nas instalações da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

"Melhor perfil". Paulo Alexandre já tomou posse como provedor da SCML
Notícias ao Minuto

18:04 - 20/05/24 por Notícias ao Minuto

Economia Santa Casa de Lisboa

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Maria do Rosário Ramalho, deu, esta segunda-feira, posse ao novo provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), Paulo Alexandre Sousa, destacando que o economista tem "o melhor perfil" para enfrentar "os sérios desafios" que a instituição tem pela frente".

"O Governo entendeu e entende que este é o melhor perfil para enfrentar os sérios desafios que a Santa Casa tem pela frente", afirmou a ministra, numa cerimónia que decorreu nas instalações da SCML e que contou com a presença do primeiro-ministro, Luís Montenegro.

A governante destacou o "desafio de continuar a assegurar condições de sustentabilidade que são indispensáveis à sua insubstituível demissão" e que "exige uma gestão responsável e rigorosa dos seus recursos financeiros e humanos" e o "desafio maior de garantir que a Santa Casa continua a dar a melhor resposta assistencial, sobretudo aos mais desprotegidos e desfavorecidos". 

"A Santa Casa inicia agora um novo ciclo, uma novo ciclo na sua liderança, uma liderança que compreende a importância da gestão transparente e criteriosa para proteger a instituição e a sua missão", frisou a ministra, que adiantou ainda que "em breve" ser anunciada a composição da Mesa da SCML e a data da sua tomada de posse.

Recorde-se que a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social anunciou na semana passada que Paulo Alexandre Sousa era o escolhido para próximo provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, substituindo assim Ana Jorge. 

A escolha gerou imediatamente polémica, com os órgãos de comunicação social a noticiar que a Paulo Alexandre Sousa tinha sido inibido, há quatro anos, pelo Banco Central de Moçambique, de exercer cargos sociais e funções de gestão em instituições de crédito e sociedades financeiras durante três anos.

O PS questionou, na sexta-feira, o Governo sobre o caso relativo à inibição que existiu sobre o economista e se isso afeta a idoneidade, capacidade e competência do novo provedor.

Paulo Alexandre Sousa vai assumir um mandato de três anos, até 2027. O economista, de 56 anos, tem formação em Gestão de Empresas, pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), tendo passado pela banca, nomeadamente enquanto presidente da comissão executiva do Banco Comercial e de Investimentos, S.A e pela Direção Central de Financiamento Imobiliário da Caixa Geral de Depósitos (CGD).

Internacionalmente, entre 2013 e 2019 representou os interesses da CGD em Moçambique, tendo sido também representante de Portugal na Comité de Assuntos Económicos, no âmbito da Federação Hipotecária Europeia.

"Tem também experiência na área social, tendo sido vice-presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, fazendo parte da direção do núcleo da Costa do Estoril durante dois mandatos. Voltou, no presente mandato, a integrar a referida direção. Possui experiência em matérias relacionadas com o setor imobiliário, tendo sido responsável pela criação do Mercado Social de Arrendamento", adiantava o comunicado do Governo que dava conta da nomeação.

Ainda no setor imobiliário esteve ainda à frente da gestão de um fundo de desenvolvimento urbano, tutelado pelo Instituto de Habilitação e Reabilitação Urbana e pela CGD.

Tem também experiência na docência no ensino superior, áreas da Matemática, Marketing Financeiro, Gestão e Imobiliário.

Leia Também: Após polémica, novo provedor da Santa Casa toma hoje posse

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório