Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
26º
MIN 14º MÁX 28º

Trabalhadores da Valorsul em greve entre 22 e 26 de maio

Os trabalhadores da Valorsul, empresa responsável pelos resíduos da região de Lisboa e Oeste, vão realizar uma greve entre os dias 22 e 26 de maio para reivindicar melhorias salariais e a redução do horário de trabalho.

Trabalhadores da Valorsul em greve entre 22 e 26 de maio
Notícias ao Minuto

16:45 - 15/05/24 por Lusa

Economia Valorsul

De acordo com o pré-aviso de greve, entregue pelo Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Centro Sul e Regiões Autónomas, a paralisação afetará setores e infraestruturas diferentes, mediante o dia.

Os motivos para esta greve prendem-se, entre outras coisas, com o aumento dos salários e dos dias de férias, com a melhoria das condições de segurança e com a redução das horas de trabalho, segundo indicou à agência Lusa Mário Matos, da Comissão de Trabalhadores da Valorsul.

"Os motivos têm a ver com a empresa não fazer propostas que venham ao encontro daquilo que são as reivindicações dos trabalhadores. Em abril, formaram uma contraproposta que, para nós, é inaceitável, pois é uma moeda de troca", apontou.

Segundo Mário Matos, a Valorsul aceitou reduzir o horário de trabalho, "com contrapartida de os trabalhadores aceitarem abdicar de direitos inscritos no Acordo de Empresa".

Um desses direitos, indicou o sindicalista, seria o horário de almoço estar incluído no horário de trabalho dos trabalhadores.

"Para nós é inaceitável. Não aceitamos moedas de troca", sublinhou.

De acordo com a calendarização da greve, a Central de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos (CTRSU) será a primeira a sofrer os efeitos, a partir das 00:00 do dia 22 de maio, onde serão feitas paralisações por turno.

Nos dias seguintes, a paralisação também afetará o serviço de manutenção, caracterização e recolha seletiva, o Aterro Sanitário de Mato da Cruz e Instalação de Valorização de Escórias (ASMC), o Centro Sanitário do Oeste, Triagem e Estações de Transferência, o Centro de Triagem e Ecocentro do Lumiar e a Estação de Valorização Orgânica.

A agência Lusa pediu uma reação à administração da Valorsul, mas não obteve resposta.

A Valorsul, com cerca de 450 trabalhadores, é a empresa responsável pelo tratamento e valorização dos resíduos recicláveis e resíduos sólidos urbanos produzidos em 19 concelhos das regiões de Lisboa e Oeste.

Leia Também: Hotelaria contesta fundamento para cobrança da taxa turística em Albufeira

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório