Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
26º
MIN 14º MÁX 28º

Porto-Lisboa em 1h15, Lisboa-Madrid em 3h: Alta velocidade vai acelerar?

Governo promete que o transporte ferroviário será "mais competitivo".

Porto-Lisboa em 1h15, Lisboa-Madrid em 3h: Alta velocidade vai acelerar?
Notícias ao Minuto

08:25 - 15/05/24 por Notícias ao Minuto

Economia Alta velocidade

O Conselho de Ministros aprovou, na terça-feira, a antecipação da ligação ferroviária de alta velocidade (LAV) entre Lisboa e Madrid, que permitirá que as duas cidades fiquem ligadas num percurso que demorará três horas, segundo o Executivo.

A decisão, explica o Governo em comunicado, "destina-se a oferecer uma alternativa de transporte ferroviário competitiva (nomeadamente com o avião)" e estabelece como objetivo os seguintes tempos de percurso

  • Porto-Lisboa – 1h15
  • Lisboa-Madrid – 3h00
  • Porto-Vigo – 0h50

No entender do Governo, a "LAV disponibiliza uma alternativa ferroviária competitiva aos voos diários, de 40 voos entre Lisboa e Madrid e de cerca de 20 entre Porto e Lisboa".

Lisboa-Madrid: De seis para três horas

Com esta alternativa, na ligação entre Lisboa e Madrid, a LAV reduzirá o tempo de percurso para 6h00 em 2027 e para 3h00 2034, quando todo o percurso estiver operacional, segundo os cálculos do Governo.

"Desta linha está construída a ligação Badajoz-Placencia e Toledo-Madrid, em construção e ligação Évora-Elvas (Caia) e a ligação Placencia-Talayuela (que entrará ao serviço em 2027), e a construir a TTT, a ligação Poceirão-Évora e a ligação Talayuela-Toledo", pode ler-se.

Importa sublinhar que a "calendarização dos investimentos será compatibilizada com Espanha, para garantir uma execução coordenada e atempada do projeto, otimizando plenamente a disponibilidade de financiamento europeu".

Leia Também: Governo vai pedir à IP conclusão dos estudos sobre alta velocidade

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório