Meteorologia

  • 18 MAIO 2024
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 20º

Fórum de Macau é "mecanismo de cooperação eficiente"

O Fórum de Macau é um "mecanismo de cooperação eficiente" com um "papel relevante" na cooperação económica, comercial e cultural entre a China e os países lusófonos, disse hoje o chefe do governo do território.

Fórum de Macau é "mecanismo de cooperação eficiente"
Notícias ao Minuto

15:35 - 21/04/24 por Lusa

Economia Macau

O Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) é "um mecanismo de cooperação eficiente e uma boa plataforma de serviços que tem desempenhado um papel relevante no reforço da cooperação económica e comercial e do intercâmbio cultural" entre os Estados-membros, salientou Ho Iat Seng.

Num discurso proferido no jantar de boas-vindas às delegações participantes na sexta conferência ministerial do Fórum, o chefe do executivo local destacou que esta conferência é um "ponto de partida para reforçar ainda mais as funções da plataforma sino-lusófona, participar e contribuir ativamente para a implementação da iniciativa 'Uma Faixa, Uma Rota' e promover o desenvolvimento de alta qualidade da Grande Baía Guangdong--Hong Kong--Macau".

Para Ho Iat Seng, o Fórum de Macau alcançou "resultados encorajadores", desde que foi criado, em 2003, tendo reforçado e aprofundado a cooperação em vários setores.

"No momento atual em que a economia mundial se encontra a enfrentar mudanças profundas ainda mais importante é a solidariedade, a cooperação mutuamente vantajosa e a resposta conjunta aos desafios", afirmou.

Por seu lado, o ministro do Comércio chinês, Wang Wentao, destacou, na mesma ocasião, que a China quer trabalhar com os países-membros "para elevar o nível da cooperação económica e comercial sino-lusófona para um novo patamar".

No sábado, Ho Iat Seng recebeu o ministro da Economia, Pedro Reis, num encontro em que abordaram a promoção da cooperação bilateral nas áreas da economia e comércio, a atração de mais empresas e quadros portugueses para se estabelecerem em Macau, entre outros, de acordo com um comunicado.

O Fórum de Macau integra a China e nove países lusófonos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Leia Também: Macau Sands China. Operadora de jogo inicia ano com lucro de 278 milhões

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório