Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 23º

Acionistas da Jerónimo Martins aprovam alocação de verbas a Fundação

Os acionistas da Jerónimo Martins aprovaram hoje, em assembleia geral, uma alteração de estatutos que permite alocar parte dos resultados líquidos ou das reservas livres a uma Fundação, adiantou o grupo.

Acionistas da Jerónimo Martins aprovam alocação de verbas a Fundação
Notícias ao Minuto

18:32 - 18/04/24 por Lusa

Economia Jerónimo Martins

Em comunicado publicado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa deu conta da aprovação de todos os pontos em cima da mesa na reunião magna, incluindo uma alteração de estatutos.

Esta alteração, de acordo com uma nota divulgada pelo grupo em 22 de março, prevê que "parte dos resultados líquidos de cada exercício (ou das reservas livres), num montante anual de até 40 milhões de euros, possa ser alocada a uma dotação para a Fundação".

Assim, a empresa, "no âmbito da sua política de responsabilidade corporativa, e para ampliar a escala e aumentar o alcance das suas iniciativas de caráter social e de solidariedade, instituiu, no passado dia 19 de março, a Fundação Jerónimo Martins (Fundação), com uma dotação inicial de 40 milhões de euros".

Os acionistas do grupo aprovaram ainda a distribuição de mais de 411 milhões de euros em dividendos, ou seja, 0,655 euros por ação.

O pagamento do dividendo ocorrerá no próximo dia 15 de maio, disse a empresa, em outro comunicado.

Foram ainda aprovados os documentos de prestação de contas, como o relatório de gestão, as contas individuais e consolidadas, o relatório de governo societário e outros. 

Os acionistas do grupo apreciaram também a administração e fiscalização da sociedade, a quem deram um voto de apreço.

Leia Também: Bolsa de Lisboa em alta com Jerónimo Martins a subir mais de 1,5%

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório