Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
26º
MIN 17º MÁX 29º

Consumo de combustíveis desceu 0,1 % em fevereiro

O consumo de combustíveis diminuiu 0,1% em fevereiro face ao mesmo mês de 2023 e 7% face ao mês anterior, considerando o cabaz de gasolina, de gasóleo, de 'jet' e GPL, segundo a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.

Consumo de combustíveis desceu 0,1 % em fevereiro
Notícias ao Minuto

15:00 - 16/04/24 por Lusa

Economia ERSE

Num boletim, hoje divulgado, o regulador referiu que o consumo de combustíveis derivados do petróleo, considerando o cabaz de gasolina, de gasóleo, de 'jet' (combustível de aviões) e de GPL, registado em fevereiro foi 0,1% inferior (-0,61 kton [quilotoneladas]) ao de fevereiro de 2023".

De acordo com a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), para esta evolução contribuíram "diminuições no consumo de gasóleo (-3,8%) e de GPL (-0,8%), que foram acompanhadas pelo aumento no consumo de gasolina (+8,2%) e de 'jet' (+7,3%) no mesmo período".

Paralelamente, "em fevereiro, o consumo de combustíveis derivados do petróleo diminuiu face a janeiro", tendo "o consumo global caído 46,22 kton face ao mês anterior, o que representa um decréscimo de 7%".

A diminuição do consumo de combustíveis derivados de petróleo em fevereiro "ocorreu no GPL (-16,4%), na gasolina (-7%), no gasóleo (-6,9%) e no 'jet' (-4%).

O consumo verificado em fevereiro de 2024 foi superior ao consumo no período homólogo pré-pandemia de 2019 (+23,26 kton), observando-se um aumento no consumo de 'jet' (+27,9%) e de gasolina (+15,1%). Em contraciclo, no mesmo período, diminuiu o consumo de GPL (-15,5%) e de gasóleo (-1,8%).

A entidade revelou ainda que, em fevereiro, os preços médios de venda ao público (PVP) da gasolina e do gasóleo no mercado nacional "acompanharam o comportamento dos mercados internacionais e registaram acréscimos de 3,2% e 4,1%, respetivamente, face ao mês anterior".

A ERSE destacou que "os hipermercados mantêm as ofertas mais competitivas nos combustíveis rodoviários, seguidos pelos operadores do segmento 'low cost'".

Em fevereiro, os distritos de Braga, Castelo Branco e Aveiro foram os distritos que apresentaram combustíveis rodoviários (gasolina e gasóleo) mais baratos, em Portugal Continental, indicou a ERSE, acrescentando que "Beja, Bragança e Évora apresentaram os preços mais altos".

Em relação à garrafa de GPL (butano e propano), os distritos de Vila Real, Braga e Viseu registaram, para Portugal continental, a garrafa de GPL com o menor custo, sendo que "Leiria, Beja e Faro apresentam os preços mais elevados".

Leia Também: PAN propõe atualização intercalar dos escalões de IRS e IVA zero de volta

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório