Meteorologia

  • 19 MAIO 2024
Tempo
19º
MIN 12º MÁX 21º

Açores. Linha de apoio ao crédito à habitação ultrapassa mil candidaturas

O programa CreditHab, de apoio às famílias com créditos à habitação e que foi prorrogado até final de 2024, já ultrapassou as mil candidaturas desde a sua criação, em 2023, anunciou hoje o Governo dos Açores.

Açores. Linha de apoio ao crédito à habitação ultrapassa mil candidaturas
Notícias ao Minuto

20:34 - 15/04/24 por Lusa

Economia Açores

"O programa CreditHab, uma iniciativa promovida pelo Governo Regional dos Açores, através da Secretaria Regional das Finanças, Planeamento e Administração Pública, ultrapassou, este mês, as mil candidaturas desde a sua criação", lê-se numa nota do executivo açoriano.

Segundo o Governo dos Açores, este programa foi criado "com o intuito de mitigar a subida das taxas de juro resultante da crise da inflação, apoiando as famílias nas prestações mensais de crédito à habitação".

"Com mais de mil candidaturas registadas desde 2023, o CreditHab tem demonstrado ser um apoio essencial às famílias açorianas para ultrapassar a atual crise da inflação", frisa o executivo açoriano.

O Governo dos Açores refere ainda que se perspetiva que o diferencial das taxas de juro praticadas no crédito à habitação, face à média histórica das taxas Euribor, "continue a ser significativo" este ano, pelo que "decidiu já prorrogar o apoio até ao final de 2024".

O programa CreditHab consiste numa linha de apoio, "de caráter excecional e temporário, às famílias com créditos à habitação própria permanente, até um montante máximo de 250 mil euros, e que se encontram numa situação de precariedade no cumprimento das suas obrigações contratuais".

Leia Também: Açores registam subida de 11,4% nas dormidas em alojamentos em fevereiro

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório