Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 28º

Bolsa de Lisboa sobe 0,65% apoiada pelo grupo EDP

A bolsa de Lisboa terminou hoje a sessão com o índice PSI a avançar 0,65% para 6.337,43 pontos e as duas cotadas do grupo EDP a registarem as maiores subidas.

Bolsa de Lisboa sobe 0,65% apoiada pelo grupo EDP
Notícias ao Minuto

17:24 - 12/04/24 por Lusa

Economia Bolsas

A EDP Renováveis subiu 2,34% para 13,11 euros e a EDP avançou 2,09% para 3,62 euros, liderando as nove cotadas do PSI que ficaram em alta.

A apoiar a valorização do índice PSI com subidas acima de 1% ficaram ainda a Galp (1,61% para 16,42 euros), a Ibersol (1,45% para sete euros) e o banco BCP (1,16% para 0,30 euros).

Entre as cotadas com ganhos mais baixos, a Sonae somou 0,11% para 0,90 euros e a Greenvolt registou uma variação positiva 0,06% para 8,31 euros.

Em sentido contrário, a Jerónimo Martins ficou no topo das sete cotadas que desceram (-1,56% para 18,25 euros).

A Semapa caiu 1,18% para 15,08 euros, a Corticeira Amorim desceu 0,82% para 9,72 euros, a Mota-Engil recuou 0,40% para 4,45 euros e a NOS cedeu 0,14% para 3,60 euros.

A Altri baixou 0,10% para 5,07 euros depois de ter indicado na quinta-feira que agendou uma assembleia-geral de acionistas para o dia 03 de maio, no Porto, na qual irá votar, entre outros pontos, os resultados de 2023 e a distribuição de mais de 51 milhões de euros em dividendos.

"A distribuição de lucros do exercício e reservas livres ora proposta implicará o pagamento de um dividendo bruto de 0,25 euros por ação", adiantou a empresa em informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

As principais bolsas europeias dividiram-se entre ganhos e perdas. Londres subiu 0,91%, Madrid 0,34% e Milão 0,15%, mas Paris perdeu 0,16% e Frankfurt 0,13%.

Leia Também: Wall Street inicia sessão no 'vermelho' após resultados dos bancos

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório