Meteorologia

  • 23 MAIO 2024
Tempo
22º
MIN 12º MÁX 24º

Lucro do banco JPMorgan sobe 6% no 1.º trimestre

O maior banco dos Estados Unidos, JPMorgan Chase, anunciou hoje um lucro de 13.419 milhões de dólares (12.592 milhões de euros) relativo ao primeiro trimestre, mais 6% face ao mesmo período de 2023.

Lucro do banco JPMorgan sobe 6% no 1.º trimestre
Notícias ao Minuto

14:00 - 12/04/24 por Lusa

Economia JPMorgan

Os resultados incluem o First Republic Bank, adquirido em maio de 2023.

O grupo bancário com sede em Nova Iorque indicou que as receitas entre janeiro e março ascenderam a 41.934 milhões de dólares, uma subida de 9% em termos homólogos.

Em comparação com o último trimestre de 2023, os resultados nos três primeiros meses deste ano cresceram 44%, enquanto as receitas melhoraram 9%, o mesmo aumento que tiveram em relação ao mesmo período do ano anterior.

Em comunicado, o presidente executivo do grupo bancário, Jamie Dimon, considerou que são resultados "sólidos" e recordou que no mês passado foi anunciado um aumento de 10% do dividendo, ao mesmo tempo que destacou o capital "excecionalmente alto" e uma rentabilidade "líder" no setor.

Jamie Dimon alertou que o banco continua preocupado com o facto de a inflação permanecer acima do esperado, bem como com os riscos que as guerras e as tensões geopolíticas representam para a economia global.

"Muitos indicadores económicos continuam a ser favoráveis. No entanto, olhando para o futuro, continuamos atentos a um número significativo de forças incertas", disse Dimon, citando, por exemplo, as guerras em Gaza e na Ucrânia.

Embora os resultados tenham superado o esperado dos analistas, as ações do banco baixavam nas negociações que antecedem a abertura do mercado, dado que o JPMorgan deu uma previsão inferior ao esperado para a receita líquida de juros para o ano inteiro.

Leia Também: Delta Air Lines passa de prejuízo a lucro no primeiro trimestre

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório