Meteorologia

  • 30 MAIO 2024
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 30º

Bolsa de Lisboa em alta com as duas EDPs a liderar os ganhos

Lisboa, 12 abr 2024 (Lusa) -- A bolsa de Lisboa negociava hoje em alta, com as ações da EDP Renováveis e da EDP a liderarem os ganhos, a subirem 3,20% para 13,22 euros e 2,17% para 3,62 euros.

Bolsa de Lisboa em alta com as duas EDPs a liderar os ganhos
Notícias ao Minuto

09:45 - 12/04/24 por Lusa

Economia EDP

Cerca das 09:25 em Lisboa, o PSI avançava 1,29% para 6.377,58 pontos, com 13 'papéis' a subir, dois a descer (Semapa, menos 0,79% para 15,14 euros e Ibersol, menos 0,29% para 6,88 euros) e um a manter a cotação (Corticeira Amorim em 9,80 euros).

Às ações das duas EDPs seguiam-se as da Galp, BCP e Mota-Engil, que subiam 1,64% para 16,43 euros, 1,63% para 0,31 euros e 1,61% para 4,54 euros.

As ações da Altri, REN e Navigator valorizavam-se 0,59% para 5,10 euros, 0,45% para 2,23 euros e 0,30% para 3,96 euros.

Também a subir, as ações da NOS, Sonae e Jerónimo Martins valorizavam-se 0,28% para 3,61 euros, 0,22% e 0,90 euros e também 0,22% para 18,58 euros.

As outras duas ações que se valorizavam eram as dos CTT e da Greenvolt, que registavam acréscimos de 0,11% para 4,41 euros e 0,06% para 8,31 euros.

As principais bolsas europeias estavam hoje em alta, num dia em que se inicia a apresentação de resultados empresariais nos Estados Unidos.

As bolsas europeias recuperavam hoje depois de terem caído na véspera, dia em que o BCE decidiu manter as taxas de juro, mas abriu caminho à descida das mesmas na próxima reunião de junho, após a queda da inflação.

Wall Street fechou mista, com um novo recorde do índice tecnológico Nasdaq, apesar dos receios de que a Reserva Federal dos EUA (Fed) adie uma descida das taxas para depois do verão devido à subida dos preços.

O Dow Jones terminou na quinta-feira a descer 0,01% para 38.459,08 pontos, contra 39.807,37 pontos em 28 de março, um novo máximo desde que foi criado em 1986, e o Nasdaq a subir 1,68% para 16.442,20 pontos, um novo máximo.

A inflação nos EUA subiu em março para 3,5%, acima das expectativas do mercado.

Ainda hoje, em vários países europeus, como a Alemanha e a França, serão divulgados os dados relativos à inflação de março.

Em Espanha, foi confirmado que o IPC recuperou para 3,2% em termos homólogos, mais quatro décimas do que no mês anterior.

O mercado estará também atento ao início da época de resultados dos EUA, com alguns dos grandes bancos como o Citigroup, o JPMorgan e o Wells Fargo.

Os EUA assistirão também à publicação do índice de preços das exportações e da confiança dos consumidores da Universidade de Michigan.

No Reino Unido, o PIB cresceu 0,1% em fevereiro.

O barril de petróleo Brent para entrega em junho abriu hoje em alta, a cotar-se a 90,60 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 89,74 dólares na quinta-feira, enquanto Washington vê como iminente um ataque contra Israel por parte do Irão.

No mercado da dívida, os juros da obrigação alemã a 10 anos, considerada a mais segura da Europa, desciam para 2,417%, contra 2,462% na quinta-feira.

A nível cambial, o euro abriu a desvalorizar-se no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0677 dólares, contra 1,0718 dólares na sessão anterior.

Leia Também: Bolsas europeias em alta, no dia em que começa apresentação de resultados

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório