Meteorologia

  • 24 JULHO 2024
Tempo
35º
MIN 20º MÁX 37º

Petrobras anuncia descoberta promissora de petróleo na Margem Equatorial

A companhia petrolífera brasileira Petrobras anunciou terça-feira ter descoberto hidrocarbonetos num poço que está a perfurar em águas muito profundas na bacia marinha potiguar, no extremo sul da região conhecida como Margem Equatorial.

Petrobras anuncia descoberta promissora de petróleo na Margem Equatorial
Notícias ao Minuto

06:29 - 10/04/24 por Lusa

Economia Petrobras

O reservatório foi descoberto numa área offshore ao largo da costa do nordeste do Brasil na qual a Petrobras detém a concessão para explorar individualmente com uma participação de 100%.

A empresa disse que esta é a sua segunda descoberta de acumulações de hidrocarbonetos na bacia Potiguar, tendo no início deste ano descoberto um reservatório noutro poço, noutra concessão, a cerca de 24 quilómetros de Anhangá.

O poço de Anhangá "está localizado perto da fronteira entre os estados do Ceará e do Rio Grande do Norte, a cerca de 190 quilómetros da cidade de Fortaleza e a 250 quilómetros da cidade de Natal, numa área onde a profundidade da água atinge os 2.196 metros na Margem Equatorial Brasileira", indicou a empresa em comunicado.

A Margem Equatorial é um amplo horizonte de exploração no Oceano Atlântico, ao largo da costa norte do Brasil, onde a Petrobras estima que existam enormes reservas de hidrocarbonetos, dadas as enormes descobertas efetuadas na mesma região pela Guiana e Suriname.

Mas a zona considerada mais promissora é a região norte da Margem Equatorial, ao largo da foz do rio Amazonas, cuja eventual exploração gera uma grande polémica no Brasil devido à sua vulnerabilidade ambiental e social.

A Petrobras estima que a exploração ao largo da foz do Amazonas possa render 14 mil milhões de barris de petróleo e afirma que o poço mais próximo da foz do rio está a cerca de 500 quilómetros de distância, a uma profundidade de 2880 metros.

O volume de reservas previsto nessa região é sete vezes maior do que o estimado na bacia potiguar.

O plano quinquenal da Petrobras prevê investimentos de 6,9 mil milhões de euros em exploração, dos quais cerca de metade na Margem Equatorial, onde a empresa pretende perfurar pelo menos 16 poços até 2028.

Leia Também: Galp desenvolveu robô para inspecionar tubos submarinos

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório