Meteorologia

  • 16 ABRIL 2024
Tempo
23º
MIN 13º MÁX 26º

PSI mantém tendência de abertura e sobe com BCP a liderar a subir 0,65%

O principal índice da bolsa de Lisboa negociava hoje em alta, mantendo a tendência da abertura e com o BCP a liderar os ganhos, ao avançar 0,65% para 0,31 euros.

PSI mantém tendência de abertura e sobe com BCP a liderar a subir 0,65%
Notícias ao Minuto

09:45 - 04/04/24 por Lusa

Economia mercados

Cerca das 09:17 em Lisboa, o PSI avançava 0,06%, para 6.307,56 pontos, com oito 'papéis' a subirem, cinco a descerem e a REN, a Navigator e a Ibersol inalteradas face à abertura (2,21 euros, 4,04 euros e 6,78 euros, respetivamente).

O BCP era, então, o título que mais crescia. Analistas citados hoje pelo Jornal de Negócios acreditam que o atual desempenho na bolsa pode levar a Fosun a vender a sua participação -- cerca de 20% -- no banco liderado por Miguel Maya.

Também no 'verde' estavam os CTT, que anunciaram que vão passar a fazer entregas ao domingo, ou a Sonae, subindo, respetivamente, 0,59% para 4,24 euros e 0,56% para 0,90 euros.

Com ganhos face à abertura, também estavam a Semapa (0,39% para 15,28 euros), NOS (0,27% para 3,66 euros ou Corticeira Amorim (0,20% para 10,02 euros).

Com ganhos mais modestos, a Greenvolt subia 0,18% para 8,18 euros e a EDP 0,17% para 3,56 euros.

Em sentido inverso, a Altri era a que mais perdia, ao recuar 0,76% para 5,25 euros, sendo seguida pela Mota-Engil (-0,58% para 4,81 euros), Jerónimo Martins (-0,54% para 18,39 euros), Galp (-0,50% para 15,81 euros) e EDP Renováveis (-0,16% para 12,29 euros).

As principais bolsas europeias estavam hoje, no geral, positivas, com o mercado a aguardar a publicação de alguns indicadores económicos e a publicação das atas da última reunião do Banco Central Europeu (BCE).

Durante o dia de hoje são publicados vários indicadores, como os PMI - índice dos gestores de compras -- dos serviços de vários países, incluindo Alemanha, França, Itália ou União Europeia, dados sobre a balança comercial e as alegações de desemprego norte-americano ou as atas da última reunião de política monetária do BCE.

A bolsa nova-iorquina fechou na quarta-feira em ordem dispersa, a evitar uma queda acentuada graça a um indicador de inflação em forte travagem, que preserva a tese de cortes da taxa de juro pela Reserva Federal (Fed) em breve.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average baixou 0,11%, ao passo que o tecnológico Nasdaq progrediu 0,23% e o S&P500 subiu 0,11%.

O barril de petróleo Brent para entrega em junho abriu hoje a cotar-se a 89,35 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, um aumento face aos 89,07 que se registavam à mesma hora de quarta-feira.

Já a nível cambial, o euro abriu no mercado de câmbios de Frankfurt a cotar-se em 1,0854 dólares, contra 1,0772 dólares na véspera.

Leia Também: Principais bolsas europeias abrem com tendência positiva

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório