Meteorologia

  • 21 ABRIL 2024
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 26º

Economia da Rússia cresce 3,6% em 2023 apesar de "pressões externas"

O primeiro-ministro russo, Mikhail Mishustin, disse hoje que o Produto Interno Bruto (PIB) do país aumentou 3,6% no ano passado, apesar do aumento das pressões externas, aludindo às sanções ocidentais devido à guerra na Ucrânia.

Economia da Rússia cresce 3,6% em 2023 apesar de "pressões externas"
Notícias ao Minuto

16:09 - 03/04/24 por Lusa

Economia Rússia

Segundo o governante, de acordo com a avaliação preliminar do Comité de estatística, "o PIB cresceu 3,6%".

"As condições em que todos tivemos de trabalhar no ano passado continuaram muito difíceis. A pressão externa sobre a Rússia não diminuiu. Pelo contrário, aumentou", afirmou Mikhail Mishustin ao apresentar o relatório de gestão do Governo aos deputados.

Segundo o governante russo, o país adaptou-se as sanções internacionais, defendendo que os países que sofreram mais impacto foram os que as impuseram.

"Na Europa, no final de 2023, a dinâmica [de crescimento] era próxima de zero e na Alemanha houve até uma ligeira recessão: -0,3%. Este é o preço real pago pelos habitantes dos Estados que impõem sanções devido às ambições dos políticos", disse.

Mishustin acrescentou que a Rússia compreende a "situação complexa" das empresas estrangeiras que abandonaram o mercado russo e salientou que o seu lugar é agora ocupado por empresas de países "amigos" e pelas empresas nacionais mais ativas.

"É um processo lógico e inevitável nas condições de uma economia de mercado aberto", argumentou.

Leia Também: Zelensky diz que a Rússia pretende mobilizar 300 mil soldados em junho

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório