Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 27º

Sindicatos rejeitam "ato de gestão" da EDP e prometem intensificar luta

Os sindicatos representativos dos trabalhadores da EDP rejeitaram hoje uma proposta da elétrica, que classificam como um "ato de gestão", que pode levar a "precipitações" por parte dos colaboradores, prometendo endurecer a luta, adiantou à Lusa o Sindel.

Sindicatos rejeitam "ato de gestão" da EDP e prometem intensificar luta
Notícias ao Minuto

18:13 - 13/03/24 por Lusa

Economia EDP

"Não houve avanços. A empresa chamou os sindicatos e apresentou uma última proposta. Comunicou um ato de gestão, que não foi aceite por nenhum sindicato", disse à Lusa o secretário-geral do Sindicato Nacional da Indústria e Energia (Sindel), Rui Miranda, após a reunião com a EDP.

O sindicalista avisou que os ânimos estão a ficar "inflamados" entre os trabalhadores, o que pode levar a "algumas precipitações".

De acordo com o sindicato, afeto à UGT, a elétrica deu por terminado o processo negocial, não estando previstas mais reuniões.

Contudo, a EDP deverá ser chamada a reuniões de conciliação no Ministério do Trabalho.

Rui Miranda referiu ainda ter recebido um documento assinado por 250 trabalhadores dos quadros superiores, descontentes com a EDP.

"A EDP está a fugir às boas relações de concertação. Os quadros superiores também já estão muito chateados e, muitos deles, já pensam em abandonar a empresa", sublinhou.

Perante este cenário, os sindicatos que representam os trabalhadores da EDP vão reunir, em Coimbra, prometendo "endurecer as posições que já foram adotadas".

Ainda não foi definida data e hora para este encontro, que deverá ser aberto também a todos os trabalhadores e à comunicação social.

Este ano, os trabalhadores da EDP já cumpriram dois dias de greve (24 de janeiro e 08 de março), a par da greve ao trabalho suplementar.

A Lusa contactou a EDP e aguarda uma resposta.

Leia Também: PSI cai 0,53% com Jerónimo Martins a liderar descidas

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório