Meteorologia

  • 23 ABRIL 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 24º

Açores registam quebra de passageiros desembarcados em portos em janeiro

O número de passageiros desembarcados em portos nos Açores registou uma quebra de 16,34% em janeiro, face ao período homólogo, segundo dados revelados hoje pelo Serviço Regional de Estatística (SREA).

Açores registam quebra de passageiros desembarcados em portos em janeiro
Notícias ao Minuto

18:25 - 29/02/24 por Lusa

Economia SREA

No total, em janeiro, foram contabilizados 22.387 desembarques de passageiros por via marítima, em cinco ilhas do arquipélago, segundo os dados disponíveis na página do SREA e consultados pela Lusa.

Em comparação com janeiro de 2023, em que tinham desembarcado 26.760 passageiros, houve uma redução de 4.373 passageiros, o equivalente a 16,34%.

No inverno, existem apenas ligações marítimas de passageiros nos Açores entre as ilhas do Triângulo (Faial, Pico e São Jorge) e entre as duas ilhas do grupo ocidental (Flores e Corvo).

A ilha do Pico, que tem várias ligações diárias ao Faial, foi a que registou maior movimento de passageiros, em janeiro, com 10.798 desembarques, menos 15,95% do que no período homólogo.

O Faial verificou valores semelhantes, com 10.464 passageiros desembarcados, menos 15,72% do que em janeiro de 2023.

Já a ilha de São Jorge, que também tem ligações diárias ao Pico e ao Faial, contabilizou 1.095 desembarques, uma redução homóloga de 22,17%.

Entre janeiro e abril, a 'linha rosa', que liga as ilhas das Flores e do Corvo, tem ligações apenas duas vezes por semana.

Nas Flores, o número de desembarques baixou de 46 para 21 (54,35%), face a janeiro de 2023, enquanto no Corvo baixou de 45 para 10 (77,78%).

Com exceção dos meses de janeiro de 2021 e de 2022, em que a pandemia de covid-19 condicionou o turismo nos Açores, o valor de desembarques por via marítima de janeiro de 2024 foi o mais baixo neste mês desde 2017.

No total de 2023, o arquipélago registou mais de 564 mil passageiros desembarcados nos portos, superando o número de 2019, pré-pandemia de covid-19.

Desde 2020 que está suspensa a operação sazonal da Atlânticoline que ligava todas as ilhas do arquipélago (com exceção do Corvo), com navios de maior dimensão, entre maio e setembro.

Nos meses de época alta, há agora apenas ligações marítimas entre as ilhas do grupo central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial) e entre as Flores e o Corvo.

De acordo com os dados disponíveis na página do SREA, com registos desde 1999, o número de desembarques de 2023 só não superou o de 2017, em que foram contabilizados 586.073 passageiros.

Leia Também: Açores reduzem número de dormidas turísticas pelo segundo mês consecutivo

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório