Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 14º MÁX 24º

Receitas da dona da FlixBus crescem 30% para mais de dois mil milhões

A receita total da Flix SE, dona da FlixBus, cresceu 30% em 2023 face ao ano anterior, ultrapassando dois mil milhões de euros, informou o grupo, em comunicado divulgado hoje.

Receitas da dona da FlixBus crescem 30% para mais de dois mil milhões
Notícias ao Minuto

16:45 - 29/02/24 por Lusa

Economia FlixBus

"A empresa registou um crescimento de 30% na receita total e, pela primeira vez, ultrapassou a marca dos dois mil milhões de euros de receita anual, superando a projeção de crescimento em mais de 25%", revela a empresa.

Segundo os dados disponibilizados, a Flix registou um lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) ajustado de 104 milhões de euros, traduzindo um aumento de 97 milhões de euros comparativamente a 2022, "equivalendo a uma margem EBITDA ajustada de 5,2%".

Em 2023, o número de passageiros cresceu 34% face a 2022, totalizando 81 milhões para mais de 5.600 destinos.

"Os nossos sólidos resultados anuais demonstram que temos a estratégia certa em vigor, estratégia esta que temos vindo a executar rigorosamente ao longo dos últimos onze anos", defendeu o cofundador e presidente executivo da Flix, André Schwämmlein, citado em comunicado.

A empresa indica que "registou uma performance sólida em termos operacionais e financeiros em todos os seus segmentos de atividade, onde se incluem a FlixBus e a FlixTrain, bem como e os serviços da Kamil Koc na Turquia e da Greyhound na América do Norte".

Na Europa, as receitas totais cresceram 46%, para 1.186 milhões de euros, resultado de um "aumento extraordinariamente significativo no número de passageiros, que atingiu os 55 milhões, um aumento em 41% face a 2022".

Em 2023, a Flix estendeu as suas operações à Finlândia e à Grécia, levando os serviços da FlixBus a ainda mais clientes dos países europeus, recorda a empresa.

Nos Estados Unidos, Canadá e México, a receita total subiu 11%, para 615 milhões de euros, "suportada pela melhor gestão de rede, após a migração completa da Greyhound para a plataforma digital de compra de bilhetes da Flix, em fevereiro de 2023".

Segundo os dados disponibilizados, 12 milhões de passageiros viajaram com a FlixBus e com a Greyhound em 2023, cerca de 36% mais que em 2022.

A FlixBus iniciou as primeiras linhas internacionais em Portugal em 2017, e em 2020, com a abertura do mercado, iniciou a operação doméstica, com o lançamento da primeira linha em julho, tendo atualmente 53 destinos. O número de destinos internacionais a partir de Portugal ascende atualmente a 107.

Leia Também: STCP adjudica fornecimento de 20 autocarros elétricos à Caetanobus

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório