Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
29º
MIN 18º MÁX 29º

Setor empresarial do Estado representa 20% do emprego público em 2022

Os trabalhadores do setor empresarial do Estado representavam 3,3% do emprego nacional e 20,1% do emprego público no final de 2022, segundo uma análise divulgada hoje pelo Conselho das Finanças Públicas (CFP).

Setor empresarial do Estado representa 20% do emprego público em 2022
Notícias ao Minuto

12:26 - 28/02/24 por Lusa

Economia CFP

A análise da entidade liderada por Nazaré da Costa Cabral tem em conta o universo no qual a função de acionista é exercida pelo Estado direta ou indiretamente através de empresas por si participadas, considerando 87 empresas não financeiras e sete financeiras representativas das 149 entidades que constituem o Setor Empresarial do Estado (SEE).

No final de 2022, o setor empresarial do Estado empregava 159.373 trabalhadores, traduzindo uma subida de 0,1% face a 2021 e representando 3,3% do emprego nacional e 20,1% do emprego público.

Considerando a atividade de exploração das empresas não financeiras, estas registaram um aumento de 501 trabalhadores (+0,3% face a 2021), influenciada pelo "aumento dos trabalhadores na TAP (+372) para fazer face ao aumento da atividade no setor", e pelo "aumento de profissionais da área da saúde (+339), embora o ritmo de contratação no setor da saúde tenha abrandado de forma significativa".

No universo de estudo considerando a totalidade do SEE, a função de acionista exercida pelo Estado abrangia um capital social total de 35,4 mil milhões de euros, o correspondente a14,6% do Produto Interno Bruto (PIB), mais 1,9 mil milhões de euros do que em 2021.

A análise considera que "a considerável recuperação da atividade económica refletiu-se num crescimento do valor acrescentado bruto (VAB) do SEE em 43,6%, passando a representar aproximadamente 4,0% do PIB nacional em 2022".

Leia Também: Preparativos de visita terão denunciado desertor russo morto em Espanha

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório