Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
24º
MIN 13º MÁX 24º

Grupo de armazéns Macy's vai fechar 150 pontos de venda

O grupo norte-americano de armazéns Macy's, em dificuldades há anos e pressionado por alguns investidores, vai fechar 150 pontos de venda até 2026, para privilegiar a gama alta.

Grupo de armazéns Macy's vai fechar 150 pontos de venda
Notícias ao Minuto

17:22 - 27/02/24 por Lusa

Economia Macy's

A Macy's considera que esta operação lhe permite concentrar os seus investimentos em 350 pontos de venda que continuam em atividade, nomeadamente com a expansão de lojas de menor dimensão.

No total são 30% das lojas do grupo que vão desaparecer, uma vez que segundo o 'site' da empresa, tem atualmente 500 espaços comerciais.

O grupo, que tinha em finais de 2022 cerca de 94.500 trabalhadores, indicou em janeiro que reduziria a sua força laboral em 3,5%.

A divulgação desta informação impulsionou as ações da Macy's na bolsa de Nova Iorque e às 16:00 (hora de Lisboa) as ações subiam 5,5% para 20,38 dólares.

A Macy's, que também detém 33 armazéns de gama alta Bloomingdale's e 159 lojas de maquilhagem Bluemercury, indicou que pretende focar-se neste segmento do mercado e, segundo um comunicado citado pela AFP, pretende "tirar partido da sua posição de líder do mercado de luxo".

No âmbito da nova estratégia divulgada hoje, o grupo anunciou a abertura de 15 lojas Bloomingdale's e pelo menos 30 novas lojas Bluemercury.

As cadeias de grandes armazéns, que durante anos atraíam os consumidores aos centros comerciais, têm visto os seus resultados penalizados nos últimos tempos e tiveram de reduzir a sua dimensão, uma situação que piorou com a pandemia de covid-19.

Em janeiro, a Macy's rejeitou uma oferta de compra da ordem de 5,8 mil milhões de dólares (cerca de 5,4 mil milhões de euros) dos fundos de investimento Arkhouse Management e Brigade Capital Management.

Leia Também: Encerramento no domingo de Páscoa é "resposta" a pedido de trabalhadores

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório