Meteorologia

  • 20 ABRIL 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 23º

Atenção, contribuintes: Governo dá mais tempo para validar faturas do IRS

Informação foi adiantada pelo Ministério das Finanças, esta terça-feira.

Atenção, contribuintes: Governo dá mais tempo para validar faturas do IRS
Notícias ao Minuto

12:46 - 27/02/24 por Beatriz Vasconcelos

Economia IRS

O prazo para validar as faturas do IRS, que terminada na segunda-feira, foi prolongado até quarta-feira, dia 28 de fevereiro, depois dos vários constrangimentos que se registaram no acesso ao Portal das Finanças. O anúncio foi feito pelo Ministério das Finanças. 

"Na sequência do elevado número de acessos ao e-Fatura do Portal das Finanças no dia de ontem, em virtude do fim do prazo legal para a verificação e validação de faturas para efeitos do IRS de 2023, levando a constrangimentos e limitações pontuais de acesso, o Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Nuno Santos Félix, decidiu prorrogar por dois dias o prazo de verificação e comunicação de faturas", pode ler-se num comunicado da tutela enviado às redações.

O novo prazo termina, assim, no final do dia 28 de fevereiro, pelo que os contribuintes ainda podem validar faturas do ano passado até amanhã. 

"Assim, a classificação de faturas permanece disponível no Portal das Finanças até ao termo daquele prazo. No caso da app e Fatura para dispositivos móveis estão em curso as alterações técnicas para permitir idêntica funcionalidade até ao fim do prazo referido", pode ler-se. 

Este alargamento, explica a tutela, "não tem efeito nos prazos de reclamação prévia dos valores apurados pela Autoridade Tributária nem de entrega da declaração modelo 3 de IRS, que se mantém".

A entrega do IRS, refira-se, arranca a 1 de abril. 

[Notícia atualizada às 12h53]

Leia Também: Prazo do IRS, clientes MEO e mais: Os 5 temas que marcam esta 3.ª-feira

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório